Paulo Guedes diz que pretende pagar auxílio emergencial ainda em março

Retomada do auxílio pode ocorrer somente em abril

Escrito por Redação 13/03/2021 06:32, atualizado em 13/03/2021 07:26
. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


A previsão de retomada do pagamento do auxilio emergencial anunciada por Guedes depende da promulgação da PEC Emergencial que está marcada para segunda-feira (15). O ministro afirmou nesta sexta-feira (12) que tem a intenção de pagar o benefício ainda no mês de março, mas que a primeira parcela talvez só aconteça em abril.


O governo deve realizar medidas provisórias para ditar as regras da nova rodada de pagamento do auxílio emergencial. A PEC Emergencial traz determinadas travas fiscais para impedir o descontrole nas contas públicas, além de permitir o pagamento do benefício.


Durante uma live na internet, Guedes declarou:


“Não acreditem na narrativa de que a Economia está contra o auxílio. É falsa a narrativa, é narrativa política. O auxílio emergencial não saiu antes porque a política é que tem o relógio. Quem manda e dá o 'timing' é a política e só a política poderia nos autorizar.”


A nova remessa de pagamento do auxílio ficará nos valores entre R$ 175 e R$375, valor depende da composição das famílias que solicitarem o benefício. Valor médio de pagamento será de R$250.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas