Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0721 Euro down 5,1938
Search

Obras irregulares são demolidas em Maricá

Casas foram erguidas em Ponta Negra

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 07 de março de 2021 - 14:20
Os  imóveis haviam sido construídos dentro da faixa marginal de proteção de rios e córregos das localidades
Os imóveis haviam sido construídos dentro da faixa marginal de proteção de rios e córregos das localidades -

Cinco casas erguidas de maneira irregular na região de Ponta Negra foram demolidas, durante mais uma ação do programa Urbanismo Presente, da Secretaria de Urbanismo de Maricá.

Os imóveis haviam sido construídos dentro da faixa marginal de proteção de rios e córregos das localidades – que mede aproximadamente 20 metros de largura em cada margem – e algumas ficavam já à beira do curso d’água. A operação de derrubada teve apoio de equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), de policiais do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) e da autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar), que enviou duas máquinas retroescavadeiras e um caminhão. 

Todos os imóveis ficavam em áreas próximas à rodovia RJ-118: uma pequena casa ao lado de um córrego entre Ponta Negra e Bananal e outras quatro em Vale da Figueira, que ficavam às margens do rio Badeco, onde é captada a água que abastece a região. De acordo com o secretário de Urbanismo Celso Cabral, os responsáveis pelos imóveis demolidos foram notificados antes da operação, como também os proprietários de outras casas que ficam na mesma faixa marginal.

“Nestes locais a irregularidade é evidente e os imóveis estão vazios, o que possibilitou esta ação imediata. É importante que, antes de adquirir qualquer imóvel, a pessoa verifique a documentação e procure legalizá-la, mas principalmente: desconfie de um valor muito barato por uma área, por exemplo”, aconselhou o secretário, ao lembrar que as equipes de fiscalização estão permanentemente nas ruas para constatar outras irregularidades e que ações semelhantes virão nas próximas semanas.

“Peço também à população que nos ajude denunciando imóveis como este, que estão sendo construídos ilegalmente à beira dos rios e lagoas da cidade”, concluiu Cabral.

Informações sobre construções irregulares podem ser fornecidas à Secretaria de Urbanismo pelos telefones 3731-9777 e 97259-9213 (WhatsApp), ou pelos e-mails maricafiscalizacaourb@gmail.com e fiscalizacaourb@gmail.com.

Matérias Relacionadas