Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1649 Euro up 5,2541
Search

Defesa Civil de Itaboraí reúne líderes comunitários para orientar sobre prevenção de desastres

Preparar a comunidade com ações educativas é uma das atividades da Defesa Civil

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de março de 2021 - 07:25
A reunião foi comandada pelo coronel Ricardo Nunes
A reunião foi comandada pelo coronel Ricardo Nunes -

A Defesa Civil de Itaboraí recebeu, na manhã desta terça-feira (02/03), um grupo de líderes comunitários de bairros com maior frequência de registros de inundações e enchentes, para orientar sobre a prevenção de desastres no município. A reunião foi comandada pelo coronel Ricardo Nunes, secretário municipal de Defesa Civil, que entregou aos representantes, coletes de agentes voluntários do órgão.

Estiveram presentes lideranças dos bairros de Retiro São Joaquim, Vale do Sol, Visconde e Ampliação. A orientação também será repassada a representantes de outras regiões, como Aldeia da Prata, Engenho Velho, Joaquim de Oliveira, Itambi, Porto das Caixas, Três Pontes e Quissamã. O encontro contou ainda com a presença do subsecretário de Defesa Civil, o major Marlon Pina.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Civil, coronel Ricardo Nunes, é muito importante contar com a atuação dos agentes comunitários, uma vez que eles conhecem bem a localidade, sabem identificar as famílias mais vulneráveis e podem informar os pontos mais atingidos em caso de ocorrências. "As lideranças comunitárias podem atuar como um braço operacional da Defesa Civil dentro dos bairros. É uma forma de conseguir monitorar essas regiões de forma simultânea e nortear ações de pronta resposta no caso de ocorrências", explicou o secretário.

Preparar a comunidade com ações educativas para prevenção de desastres também é uma das atividades da Defesa Civil. Por conta do período de pandemia da Covid-19, os encontros presenciais com os moradores em cada região foram suspensos. Todavia, o subsecretário de Defesa Civil, o major Marlon Pina, reitera que o órgão mantém contato frequente com as lideranças comunitárias para colher as demandas de cada bairro. "Antes da pandemia, fazíamos o trabalho de orientação à população, com palestras, direto nas comunidades. Como precisamos evitar aglomerações e encontros presenciais, suspendemos essa atividade. O objetivo do agente voluntário da Defesa Civil é repassar as principais demandas de cada localidade, para que a gente possa agir de forma certeira. Esse feedback é fundamental para organizar o plano de ações em caso de emergências", detalhou o subsecretário.

Para receber informações sobre a possibilidade de chuvas, ventos e riscos de desastres no município, os itaboraienses podem contar com um canal direto com o órgão. Para se cadastrar, basta enviar um SMS (mensagem de texto) para o número 40199 e informar o Código de Endereçamento Postal (CEP). O serviço é totalmente gratuito e tem por objetivo preparar a população de forma antecipada para prevenir acidentes em decorrência de fenômenos naturais.

 Orientações

Em dias de chuvas fortes, a Defesa Civil de Itaboraí orienta que as pessoas busquem locais seguros e permaneçam neles até cessar o temporal. Também alerta para que os moradores evitem transitar em regiões alagadas ou próximas a rios, canais e córregos sujeitos a transbordamento.

Já em casos de ventos fortes ou incidência de raios, a recomendação é evitar permanecer próximo a árvores e redes de distribuição de energia elétrica. Em caso de emergência, ligue 199.

Matérias Relacionadas