Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1665 Euro down 5,2505
Search

Irmã de Marielle revela que sofre ameaças após a prisão de Daniel Silveira

“Por trás de Marielle existe uma família que sofre", diz Anielle Franco

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de fevereiro de 2021 - 15:39
Imagem ilustrativa da imagem Irmã de Marielle revela que sofre ameaças após a prisão de Daniel Silveira

Já fazem cerca de três anos desde o assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e do motorista Anderson Gomes, ocorrida no dia 14 de março de 2018, e sem solução, a família ainda clama por justiça entre as muitas ameaças de morte e piadas de ódio de grupos bolsonaristas, através das redes sociais. A irmã da ex-parlamentar e diretora executiva do Instituto Marielle Franco, Anielle Franco, revelou que recebeu ameaças depois da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-SP).

“Nessa semana, recebi algumas ameaças nas minhas redes sociais. Pessoas destilando ódio em mim por conta da minha irmã. E esse crime que continua aí sem solução, sem saber quem mandou matar Marielle e porquê”, conta Anielle. O deputado havia ficado conhecido durante as eleições de 2018, ao quebrar uma placa com o nome de Marielle. A irmã da ex-parlamentar afirma que as ameaças vêm de pessoas que apoiam Silveira.

Os ataques às instituições democráticas foram totalmente repudiados por Anielle, além de afirmar que jamais irá se calar sobre as ameaças sofridas por esse grupo. “Por trás de Marielle existe uma família que sofre. O instituto está aí para manter esse legado de pé. Eu, enquanto diretora, não vou me calar. A gente se fortalece ao mesmo tempo que a gente tenta pedir empatia. Eu acredito muito no diálogo. Essa é a hora de se unir para deter o facismo”, avisa Anielle.

Matérias Relacionadas