Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Idosos com mais de 87 anos e profissionais da saúde voltam a ser imunizados em SG

Netos estavam aliviados de poderem imunizar seus avós hoje (11)

relogio min de leitura | Escrito por Ana Carolina Moraes | 11 de fevereiro de 2021 - 16:25
O Pólo Sanitário Washington Luiz Lopes, no Zé Garoto, está vacinando
O Pólo Sanitário Washington Luiz Lopes, no Zé Garoto, está vacinando -

Após ficar sem doses do imunizante, a vacinação contra o coronavírus no município de São Gonçalo voltou a ocorrer nesta quinta-feira (11). O público-alvo atualmente são idoso com mais de 87 anos e profissionais da saúde com mais de 60 anos (além daqueles profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao Covid). Para estes grupos, a felicidade de receber o imunizante é tanta que o sorriso no rosto se torna logo constante. 

Foi o que ocorreu com Janete Hermes, de 87 anos, que estava com medo da vacina por causa da agulha e dos possíveis efeitos colaterais do remédio em seu corpo, mas, ao tomar o imunizante, logo se sentiu segura. "Eu confesso que estava com receio e com medo por causa da crise de ansiedade que desenvolvi na pandemia. Mas, foi tudo bem. Não demorei nem 10 minutos, não tinha fila. Foi muito bom para mim", contou a pensionista que mora no Paraíso.

Para a neta de Janete, Viviane Soares, a imunização da avó é algo muito importante e que traz paz para ela e toda a família. "Na pandemia, ela desenvolveu ansiedade, foi difícil. Então, graças a Deus deu tudo certo. Apesar do medo dela, conseguimos conversar com a mesma e explicar a situação, também demos alguns exemplos de famosos que tomaram a vacina e mostramos que era bastante segura. No fim, ela aceitou vir e foi ótimo", contou a professora e bióloga de 36 anos, que levou sua avó para vacinar no Pólo Sanitário Washington Luiz Lopes, no Zé Garoto.

São Gonçalo ficou sem vacina

Na última terça-feira (09), São Gonçalo recebeu 8,2 mil doses da vacina CoronaVac e pôde retomar, dessa forma, a imunização no município. A vacinação na região estava suspensa desde o dia 05 de fevereiro, quando São Gonçalo ficou sem o imunizante.

Essa situação, inclusive, preocupou Anderson Barbosa, de 38 anos, que levou seu avô, Antônio Justiniano, de 95 anos, para vacinar na sexta (05), quando soube que a vacina tinha acabado. "Eu fui com meu avô lá e soubemos que o imunizante já havia acabado. Foi muito difícil receber essa notícia, foi uma frustação, além do trabalho enorme que tivemos já que meu avô tem Alzheimer e não se locomove bem. Tivemos que erguer ele, descer as escadas aqui de casa, colocar ele no carro para chegar lá e não ter vacina, foi horrível, porque dói muito pro meu avô fazer esse esforço também", contou ele.

O auxiliar fiscal só conseguiu fazer com que seu avô fosse vacinado hoje, porém dentro do carro. "Hoje foi um alívio, pra gente foi muito bom, conseguimos vacinar ele no posto da Zé Garoto, mas ele ficou no carro o tempo todo. Uma pessoa foi até o local, fez a ficha dele e depois foi até aonde ele estava, no carro, dentro do estacionamento, e o vacinou", contou ele.

Idosos com mais de 87 anos podem se vacinar em SG
Idosos com mais de 87 anos podem se vacinar em SG |  Foto: Filipe Aguiar
 

Documentos necessários para a vacinação

Para ser vacinado, o paciente precisa levar seus documentos e comprovar vínculo com o município. Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de São Gonçalo e moram na cidade. Confira abaixo a lista: 

– Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de São Gonçalo e moram na cidade. 

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar e carteira de vacinação.

 – Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em unidades hospitalares de São Gonçalo e que residem em outros municípios. 

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar de São Gonçalo e carteira de vacinação.

 – Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de outros municípios e residem em São Gonçalo.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar, comprovante de residência de São Gonçalo e carteira de vacinação.

 – Idosos com mais de 87 anos

Documentos solicitados: identidade e carteira de vacinação.

Locais de aplicação da vacina

A vacina está sendo aplicada em idosos com mais de 87 anos e profissionais da saúde com mais de 60 anos. As unidades para receber o imunizante são: polos sanitários Hélio Cruz, em Alcântara; Washington Luiz, no Zé Garoto; as clínicas gonçalenses do Mutondo e Dr. Zerbini, no Arsenal, e a Unidade Municipal de Pronto Atendimento (Umpa) de Nova Cidade. O Polo Sanitário Dr. Augusto Sena, em Rio do Ouro, deixará de aplicar a vacina contra a covid-19 por estar próximo de outra unidade que já presta o atendimento. As unidades estarão aplicando as vacinas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto no ponto facultativo do dia 15 de fevereiro e na terça-feira de Carnaval (dia 16 de fevereiro).

Os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do Covid estão sendo imunizados nos hospitais públicos e particulares nos quais trabalham desde a última segunda-feira (08).

Dados de vacinação

Segundo a prefeitura, o município registrou, até a última terça-feira (09), 23.600 pessoas vacinas, sendo 21.726 trabalhadores da saúde, 437 idosos com mais de 90 anos, 1.370 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis) e 67 pessoas de residências terapêuticas. 

Matérias Relacionadas