Posto de Saúde Adolfo Lutz, em Amendoeira, amanhece destruído

Atendimentos foram suspensas por tempo indeterminado

Escrito por Redação 08/02/2021 19:19, atualizado em 08/02/2021 16:31
Materiais do consultório dentista foram destruídos
Materiais do consultório dentista foram destruídos . Foto: Divulgação

Os profissionais do Posto de Saúde Adolfo Lutz, no bairro Almerinda, foram ao trabalho nesta segunda-feira (8) e se depararam com a unidade completamente depredada. Todo o material do posto foi revirado e alguns itens foram destruídos. Nas redes sociais, foi divulgado que a destruição teria ocorrido após protesto por suposto término de doses da vacina coronavac no local, o que a Prefeitura de SG não confirmou.

De acordo com os funcionários do local, vândalos invadiram a unidade, que fica localizada na Estrada Nazário Machado, na madrugada desta segunda-feira e destruíram o material da clínica dentária que funcionava no posto.

Em fotos, é possível notar que os vândalos espalharam material de limpeza, álcool, pó de café e outros alimentos no chão da unidade. Há também no chão seringas, gaze, luvas e outros materiais utilizados para atendimento de pacientes. A cozinha do posto também foi depredada. Por conta da destruição do local, os atendimentos na unidade foram suspensas.

Nas redes sociais, os funcionários do posto publicaram um comunicado sobre o vandalismo na unidade. "É com muita tristeza que informamos que nosso posto foi vandalizado e por este motivo, as atividades estão suspensas por tempo indeterminado."

Em resposta, a Secretaria Municipal de Saúde São Gonçalo informou que repudia o ato de vandalismo, mas alegou que este não tem relação com o processo de vacinação na cidade, já que o posto não era um dos polos sanitários escolhidos para a vacinação. 

Confira a nota da Secretaria

A Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo repudia o ato de vandalismo ocorrido, durante o fim de semana, no Posto de Saúde Adolfo Lutz, em Amendoeira. A direção do posto ainda vai contabilizar os prejuízos, uma vez que nada foi furtado, mas insumos foram inutilizados. Todos os consultórios, incluindo o de Odontologia, cozinha, sala de espera e banheiros, foram afetados. A unidade de saúde não funcionou nesta segunda-feira para que fosse feita a limpeza no local. No entanto, não havia atendimento médico agendado. Importante destacar que a unidade de saúde  não estava entre os três polos sanitários e duas clínicas municipais onde foi concentrada a vacinação dos grupos prioritários contra a covid-19. Desta forma, não há ligação entre o ato de vandalismo e o processo de imunização que está sendo realizado no município.

. Foto por Divulgação
/Cozinha da unidade também foi depredada e alimentos espalhados pelo chão
Cozinha da unidade também foi depredada e alimentos espalhados pelo chão. Foto por Divulgação
/Materiais do consultório dentista foram destruídos
Materiais do consultório dentista foram destruídos. Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas