Capitão Nelson revela dívida de R$ 11 milhões geradas no governo de Nanci

Através de publicação em suas redes sociais, o prefeito de SG anunciou 'devassa' em contratos na gestão anterior

Escrito por Redação 03/02/2021 18:29, atualizado em 03/02/2021 19:25
. Foto: Reprodução/ Redes Sociais


Na tarde desta quarta-feira (03), o prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson, anunciou em suas redes sociais a determinação dada à Procuradoria do município, para uma análise detalhada dos contratos ligados a Saúde, firmados na gestão de José Luiz Nanci, seu antecessor. Através da medida, Nelson quer 'passar a limpo' o trabalho nessa área e saber se há irregularidades. Em sua postagem nas redes sociais, o atual prefeito criticou duramente algumas medidas adotadas na gestão anterior, como o fechamento do Centro de Diagnósticos por Imagem da região no fim da gestão de Nanci, deixando muitos pacientes sem atendimento das unidades.

 

“É importante explicar que nossa equipe descobriu que o Centro de Imagens vinha funcionando em 2020 sem que houvesse qualquer contrato com a Prefeitura de São Gonçalo”, escreveu o prefeito. Outra irregularidade apontada foi uma dívida de cerca de R$ 11 milhões cobrada pela empresa  à administração municipal. Nelson informa que o local onde o centro funcionava e os equipamentos usados eram alugados. Contudo, nenhum documento foi assinado com a Prefeitura, burlando as normas da administração pública.

 

A Central de Regulação teria iniciado sua atuação logo no primeiro dia de seu mandato, com o propósito de reagendar os exames para outros hospitais da região, por meio do Programa de Pactuação Integrada (PPI). O prefeito afirmou que tais medidas estão sendo mantidas para que todos possam ser atendidos.

 

“A população pode ter certeza de que estamos trabalhando para voltar a ter o centro de imagens, em prédio próprio, resolvendo o problema de uma vez por todas, da forma certa, transparente e com a utilização correta dos recursos públicos”, informou o Capitão Nelson. Ele ainda ressalta que uma licitação já foi aberta para a compra de equipamentos, reforçando a prestação dos serviços em todas as unidades de saúde.

. Foto por Reprodução/ Redes Sociais
. Foto por Reprodução/ Redes Sociais
. Foto por Reprodução/ Redes Sociais
. Foto por Reprodução/ Redes Sociais

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas