Pai de menino de 11 anos encontrado em barril pode ser preso por 10 anos

Menor deve ser levado para um abrigo

Escrito por Redação 03/02/2021 11:16, atualizado em 03/02/2021 14:25
O pai, a madrasta e a irmã dele são acusados de terem cometido o crime
O pai, a madrasta e a irmã dele são acusados de terem cometido o crime . Foto: Reprodução/Internet

O pai do menino de 11 anos que foi encontrado acorrentado e trancado dentro de um barril poderá sofrer com as consequências da lei e ficar condenado a prisão durante dez anos. O pai, a madrasta do menor e sua irmã foram acusados, pelos vizinhos, de maltratarem a criança. As denúncias mostram que o menor estava nu dentro do barril há cerca de um mês. O barril, por sua vez, ficava dentro de uma construção com uma pequena janela. O caso ocorreu em Campinas, São Paulo.

Os acusados estão sendo investigados e, de acordo com a juíza de direito Ivana Davi, que atua na 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), eles podem se enquadrar no crime de maus tratos e tortura. Todos foram presos na última segunda-feira (01). 

O menino foi encontrado com sintomas de desnutrição dentro de um tambor de metal, que estava fechado com uma pia pesada. 

O pai do menor disse que a ideia era educar ele, já que o menino fugia de casa e era agressivo. Mas, os vizinhos relatam que os maus tratos já ocorriam há algum tempo.

Agora, o menor segue internado e se recuperando. Ele deve ser levado para um abrigo. O caso foi descoberto no dia 30 de janeiro.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas