Família descobre que técnica de enfermagem fingiu vacinar idosa

A profissional foi afastada do cargo

Escrito por Redação 29/01/2021 10:08, atualizado em 29/01/2021 12:55
O caso ocorreu em Maceió
O caso ocorreu em Maceió . Foto: Divulgação

Imagina se expor ao coronavírus achando que está imunizado, mas na verdade não está. Essa foi a indignação da família de uma idosa, moradora de Maceió. Isso porque, por volta das 12h de ontem (28), a aposentada de 97 anos, em companhia de sua cuidadora, foi até o estacionamento do Pátio Shopping, no bairro Benedito Bentes, em Alagoas, para tomar a vacina contra o coronavírus.

No entanto, após vídeos do momento, a família da aposentada percebeu que, na verdade, o líquido que estava na seringa não foi aplicado no braço da idosa. Com isso, eles descobriram que a técnica de enfermagem do caso não vacinou a idosa, mesmo confirmando que teria sim aplicado o medicamento. As informações são do Uol.

Em Maceió, a prefeitura está realizando a vacinação de idosos e a aposentada em questão, que não foi identificada, estava ansiosa para se imunizar do Covid e assim poder ver seus netos e filhos. Em um vídeo, a cuidadora da idosa filmou o momento em que a agulha da seringa fura o braço esquerdo da aposentada. No mesmo vídeo, é possível ver que o líquido da seringa não é aplicado na idosa. Após constatarem o fato, a família da aposentada relatou o caso para os responsáveis pela campanha de vacinação.

No vídeo, é possível ver a técnica de enfermagem passando o algodão no braço da idosa e aplicando a agulha da seringa logo depois. Percebe-se, então, que a profissional de saúde não aperta o êmbolo e o líquido não é injetado na idosa. A aposentada ainda pergunta: "isso dá reação?" e a técnica responde: "geralmente não, eu não vejo ninguém comentar até agora". Ao final, a cuidadora da aposentada pergunta: "só isso?" e a profissional de saúde responde "só". Depois, ela retira a injeção do braço da idosa e passa o algodão para finalizar a suposta aplicação do imunizante. 

Após a família mostrar sua indignação com o caso, a idosa em questão foi imunizada e, dessa vez, para valer. Já a técnica de enfermagem responsável pelo caso, cujo nome não foi divulgado, foi afastada de seu cargo. A Prefeitura de Maceió também informou que abriu um procedimento administrativo para avaliar o caso. Já o MPE-AL (Ministério Público Estadual de Alagoas) informou que vai instaurar uma Notícia de Fato para verificar a situação.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas