Agentes de endemias são vacinados contra Covid-19 em Itaboraí

168 trabalhadores receberam primeira dose da vacina

Escrito por Redação 27/01/2021 17:44, atualizado em 27/01/2021 18:39
168 trabalhadores receberam primeira dose da vacina
168 trabalhadores receberam primeira dose da vacina . Foto: Divulgação


Linha de frente no combate ao mosquito Aedes Aegypti por toda a cidade de Itaboraí, os agentes de endemias foram incluídos no plano de vacinação contra a Covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Nesta quarta-feira (27/01), 168 trabalhadores receberam a primeira dose da vacina de Oxford, desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca.


Os imunizantes foram aplicados por profissionais do Centro Integrado de Segurança e Saúde Ocupacional (CISSO), ligado à Secretaria Municipal de Administração. O coordenador do Programa Municipal de Controle da Dengue (PMCD), Adriano de Paula Pereira considera a vacinação dos agentes um importante passo para retomar de forma integral os serviços de prevenção a doenças como dengue, Zika e Chikungunya em Itaboraí.  


"São profissionais que atuam diretamente com a população, nas ruas e dentro das residências. Com a vacinação de toda a equipe, a gente consegue retomar integralmente os serviços de combate aos focos larvários", explicou o coordenador. 


O supervisor de campo Gilberto da Silva, de 62 anos, foi um dos agentes de endemias vacinado. Desde 1990 trabalhando na área da Saúde em Itaboraí, o profissional relata que o imunizante deixará a equipe mais segura de trabalhar pelas ruas da cidade.


"Não tenho dúvidas que a vacina tranquiliza não só todos os agentes, como também os moradores que nos recebem nas suas casas. E isso é muito importante para evitar a circulação do vírus", disse.


Vacinação 


Ainda na Fase 1 do público-alvo de vacinação, Itaboraí ampliou, desde a tarde de quarta-feira (27), a gama de profissionais de saúde a serem vacinados. O avanço do planejamento vai de encontro ao segundo informe técnico do Ministério da Saúde sobre o Plano Nacional de Imunização (PNI) de vacinação contra Covid-19.


De acordo com a nota federal, foram incluídos nesta fase: equipes de vacinação; trabalhadores dos serviços de saúde públicos, tanto da urgência quanto da Atenção Básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados, além dos demais trabalhadores de saúde.


No dia 19 de janeiro, o município recebeu a primeira leva de vacinas, com 2.310 doses da CoronaVac (Instituto Butantan/Sinovac), que atendeu profissionais da linha de frente que atuam nas redes de urgência e emergência, além de idosos residentes em instituições de longa permanência.


Nesta segunda (25), com a chegada de 2.080 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, a Prefeitura iniciou a vacinação para profissionais da Atenção Básica do município. Essa rede inclui profissionais que atuam nas Unidades de Saúde da Família, Unidades Básicas de Saúde e Postos de Saúde.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas