PM apresenta novos uniformes de camuflagem

Uniformes de unidades subordinadas ao Comando de Operações Especiais foram exibidos nessa terça-feira (26)

Escrito por Redação 26/01/2021 18:42, atualizado em 26/01/2021 19:29
. Foto: Sergio Soares


Mais modernos, mais resistentes e mais eficientes, os primeiros novos uniformes camuflados das unidades subordinadas ao Comando de Operações Especiais (COE) da Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro foram exibidos publicamente pela primeira vez na manhã desta terça-feira (26/01). A apresentação foi feita por um pelotão do Grupamento Especial Tático em Motopatrulhamento (GETEM) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), que saiu do quartel da unidade, na Cidade Nova, e cumpriu um roteiro até o alto do Cristo Redentor.


A exceção do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), que já utiliza a farda de combate com camuflagem digitalizada desde 2016, todas as demais do COE começam a adquirir esse novo fardamento. Além do BPChq, os novos uniformes já estão sendo utilizados pelos policiais do Centro de Instrução Especializada e Pesquisa Policial (CIESPP).


Em breve, os novos uniformes passarão também a ser utilizados pelos policiais militares do próprio COE, do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e do Grupamento Aeromóvel (GAM). Embora não seja subordinada ao COE e sim uma tropa especializada, o RECOM (Rondas Especiais e Controle de Multidões) também adotará o mesmo tipo de farda, por atuar em situações semelhantes.


A necessidade de mudança de uniformes começou a ser planejada em 2014, em meio à realização dos grandes eventos no Rio de Janeiro. Os novos modelos foram inspirados em fardamentos já utilizados por tropas especiais urbanas dos Estados Unidos e da Europa. Contudo, em função da crise econômica e financeira que se instalou no estado os planos precisaram ser adiados. A aquisição dos novos uniformes, todos padronizados, será reforçada com mais de três mil unidades através de processo de licitação pública já instaurada pela SEPM.


Além de padronizar a apresentação de todos os policiais das unidades contempladas, realçando a imagem de unidade e força, os novos uniformes apresentam uma série de vantagens em relação aos tradicionais: são mais leves e oferecem mais mobilidade, são mais resistentes ao calor e à lavagem, e ampliam em larga escala o grau de camuflagem. 


Definições técnicas e filosóficas dos novos uniformes 


O comandante do BPChq, Coronel Vinícius Carvalho da Silva, escreveu uma ordem do dia alusiva ao novo fardamento. Vale destacar alguns trechos:“Ele (o uniforme) reflete o valor e a tradição, contribui para a elevação da autoestima, solidifica a hierarquia e a disciplina, potencializa a manifestação de força, e transmite, subjetivamente, um ideal de igualdade onde todos são nivelados, independentemente de origem ou condição”.


“A padronização do uniforme, principalmente para uma Tropa de Choque, além de configurar um nível de força, através da presença ostensiva e do impacto psicológico, é uma forma de identificação de uma Tropa de Restabelecimento da Ordem Pública”.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas