Idosa que supostamente estaria morta aparece viva após o seu funeral

A idosa estava com Covid

Escrito por Redação 26/01/2021 09:04, atualizado em 26/01/2021 10:59
Ocorreu uma confusão de documentos
Ocorreu uma confusão de documentos . Foto: Reprodução/Internet

Imaginar fazer um funeral para seu parente, vítima de Covid, e 10 dias depois a pessoa aparecer viva? Foi isso o que ocorreu com a família de dona Rogelia, uma idosa de 85 anos, que foi considerada morta por Covid, mas na verdade estava viva. O caso ocorreu na Espanha e Rogelia trabalhava numa casa de saúde em Galicia.

De acordo com informações do jornal La Voz de Galicia, a idosa estava contaminada pelo Covid. O caso da idosa foi ficando mais grave e, no final, ela foi transferida para um centro que trata a doença em idosos. Uns dias depois, o local considerou que Rogelia havia falecido. 

A família da idosa realizou, então, todo o procedimento para o seu enterro. Vale lembrar que as vítimas de Covid devem ser enterradas com o caixão fechado por causa do risco de contaminação e, por isso, a família de Rogelia não conseguiu ver se realmente era ela quem estava sendo enterrada. Após 10 dias, a idosa apareceu recuperada do vírus. 

O hospital teria se confundido com os pacientes, pois, na verdade, os documentos da morte da idosa tinham o nome de outra pessoa que realmente havia falecido na unidade de saúde. 

Vale lembrar que um caso parecido ocorreu em Niterói no final de 2020. Quando o corpo do idoso Ulisses Gonçalves Ribeiro foi trocado pelo de uma outra idosa, que foi enterrada em seu lugar.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas