Primeiro lote de vacinas de Oxford chega a Maricá nesta segunda-feira

Neste fim de semana, cerca de 350 profissionais de saúde foram imunizados

Escrito por Redação 25/01/2021 06:32, atualizado em 25/01/2021 07:27
 A quantidade destinada ao município é de aproximadamente 1.500 doses
A quantidade destinada ao município é de aproximadamente 1.500 doses . Foto: Divulgação/ Agência Brasil

Maricá recebe nesta segunda-feira (25/1) o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca, a chamada "vacina de Oxford", cujo carregamento inicial chegou ao Rio de Janeiro na noite da última sexta-feira (22) da Índia e está sendo distribuído pela Fundação Instituto Oswaldo Cruz (FioCruz).

 A quantidade destinada ao município é de aproximadamente 1.500 doses e será aplicada aos mesmos  grupos prioritários   estabelecidos pelo  Ministério da Saúde, dentro do Plano Nacional de Imunização : profissionais da saúde, idosos em asilos e indígenas em aldeias.  

De acordo com a secretária de Saúde de Maricá, Simone da Costa, ainda não será possível realizar uma vacinação ampla em toda a população. "Esse quantitativo ainda é pequeno e, por isso, vamos continuar priorizando idosos nos asilos e profissionais de saúde, seguindo a orientação do governo federal. É importante lembrar que quem tomou a primeira dose da CoronaVac só poderá tomar a segunda desta mesma vacina", frisou ela, acrescentando ainda que o uso da vacina da AstraZeneca deve começar logo que terminar a aplicação das doses da Coronavac.

Até este domingo (24), 772 pessoas haviam recebido suas doses da CoronaVac. Neste fim de semana, cerca de 350 profissionais de saúde foram imunizados durante seus plantões nas unidades de saúde da cidade. As equipes aplicaram as doses nos hospitais Dr. Ernesto Che Guevara e Conde Modesto Leal, nos pólos de atendimento do Centro e de Itaipuaçu, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã, no Posto 24 Horas Santa Rita (também em Itaipuaçu) e na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no Centro.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas