Idosos dos abrigos da Fundação Leão XIII começam a ser imunizados contra a Covid-19

Ao todo, 370 pessoas serão imunizadas

Escrito por Redação 20/01/2021 08:58, atualizado em 20/01/2021 09:59
. Foto: Divulgação

O Dia de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (20) marca também o início da vacinação nos abrigos da Fundação Leão XIII. A primeira unidade a receber a imunização será a Vila Residencial de Idosos, em Nova Sepetiba, na Zona Oeste, onde residem 48 acolhidos. Além deles, 72 profissionais que atuam no atendimento também serão vacinados.

A vacinação também ocorre hoje no Centro de Recuperação Social (CRS) de Campo Grande. Em seguida, será a vez do CRS de Itaipu, em Niterói. Ao todo, 370 pessoas - entre idosos acolhidos e profissionais das três unidades de acolhimento - serão imunizadas pela CoronaVac.  

" uma emoção muito grande darmos início à vacinação dos nossos idosos. Ao longo da pandemia, investimos em planos de contingência e protocolos de atendimento que têm garantido que nenhum caso de Covid-19 tenha sido registrado até agora. As medidas de segurança e os cuidados vão seguir, claro, mesmo depois da imunização. Mas não podemos deixar de dizer que esta é a vacina da esperança de dias melhores", destaca Andréa Baptista, presidente da Fundação Leão XIII, órgão ligado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. 

Entre os idosos que serão vacinados, Elisa de Santa Rosa, aos 81 anos, conta que, para ela, estar entre os primeiros imunizados é motivo de orgulho. “Eu vou me vacinar e isso é muito bom! Tem muita gente querendo se vacinar e ainda não pode, né? Me sinto muito privilegiada”, diz ela, que dedicou grande parte da vida ao cuidado do outro, sendo auxiliar de enfermagem. 

Quem também se animou com a notícia de que seria vacinado foi João Paixão, de 85 anos, que também se animou quando recebeu a noticia de que seria vacinado. “Diziam que seria só em março, mas vai ser amanhã, isso é bom. E são duas vezes, né? Duas doses. Isso é muito bom!”.

A Fundação Leão XIII, aliás, tem respirado aliviada durante a pandemia. Nenhum caso de Covid-19 foi registrado nos abrigos do órgão. Isso porque todos - acolhidos e profissionais - têm seguido à risca o plano de contingência elaborado. Entre as medidas estão o uso indispensável de EPI, refeições servidas nos quartos, higiene frequente das mãos com água e sabão e a suspensão das visitas.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas