Doenças mentais, governo FHC e questões de gênero são abordados no Enem 2020

Primeira etapa da prova foi realizada neste domingo, 17

Escrito por Redação 17/01/2021 17:52, atualizado em 17/01/2021 18:48
Primeira etapa da prova foi realizada neste domingo, 17
Primeira etapa da prova foi realizada neste domingo, 17 . Foto: Divulgação

Mais de 5,8 milhões de candidatos se inscreveram para realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (17). O tema da redação foi 'O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira', onde os candidatos tiveram que fazer um texto dissertativo-argumentatio, apresentar opiniões e organizar a defesa de um ponto de vista. As redações são avaliadas de acordo com cinco competências estabelecidas pelo Inep.

A redação é, geralmente, a parte mais temida do vestibular porque a nota pode chegar a 1.000 pontos, mas há critérios que podem gerar uma nota zero ao trabalho, como fuga ao tema, escrever menos de sete linhas, entre outros. 


Outros temas

O Enem 2020 abordou questões sobre escravização de chineses, Insurreição Pernambucana, Independência dos Estados Unidos, Revolução Francesa e reformas macroeconômicas no governo de Fernando Henrique Cardoso.

Também houve perguntas sobre desigualdade de gênero, a que abordava a diferença salarial entre os jogadores de futebol Neymar e Marta, além de citações à música "Águas de Março", de Tom Jobim; religiões africanas; uso do gerúndio e um poema de Manuel Bandeira para a análise de funções da linguagem.

Na área de ciências humanas, alguns dos autores citados foram Aristóteles e Montaigne, sobre Iluminismo e o gênero "ensaio".

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas