Anitta vence batalha judicial contra MC Bruninha após acusação de plágio

Disputa na Justiça começou em 2013

Escrito por Redação 25/11/2021 15:05, atualizado em 25/11/2021 16:44
MC Bruninha e Anitta
MC Bruninha e Anitta . Foto: Divulgação

A cantora Anitta foi inocentada de uma acusação de plágio feita pela funkeira MC Bruninha. A disputa começou em 2013, quando Bruninha afirmou que o hit "Show das Poderosas", que projetou Anitta nacionalmente, seria uma cópia de sua música "Corpo de Mola: você vai pirar", que não chegou a ser gravada.

Após a realização de nova perícia, os desembargadores da 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) chegaram à conclusão de que, apesar das semelhanças, não ficou comprovado que Anitta soubesse da existência do funk escrito por Jane Lopes de Andrade, mãe de MC Bruninha.

Os magistrados também reconheceram que houve dano moral sofrido por Anitta por conta das acusações. Naquele período, a artista vivia o momento de início de sua projeção no mercado musical, impulsionada por seu maior sucesso, "Show das Poderosas".

"No que tange à ocorrência do dano moral à autora, objeto dos recursos de ambos apelantes, razão não lhes assiste. A atribuição de prática de ato ilícito, e mesmo criminoso, - que não se comprovou - tem o condão de lesionar os direitos de personalidade da parte autora, afrontando sua credibilidade frente ao público e atingindo sua dignidade e honra", escreveu em seu voto o relator, desembargador Carlos José Martins Gomes.

A decisão determinou que Bruninha, sua mãe e o empresário André Zander de Frontin Werneck paguem uma indenização de R$30 mil a Anitta, acrescidos de juros e correção monetária. A nova decisão excluiu apenas a obrigação dos réus de reembolsar as despesas pré-processuais feitas por Anitta.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas