O Sal da Terra

Enviado Direto da Redação


Por Rogério Travassos 


A sociedade em nosso PLANETA passa, notoriamente, por modificações. Mesmo que de forma lenta e devagar. Nota-se no mundo e especialmente em nosso país um lampejar da centelha destas modificações, que tendem a espalhar-se no interior e no âmago de cada um e das novas gerações. Ideologias e políticas da mentira perderam e perdem, a cada dia, as suas retóricas em detrimento do melhor para a sociedade como um todo e para a NAÇÃO.


Vê-se que, o sentido de nacionalismo, amor a pátria, solidariedade, família e humanidade, vem a cada dia instalando-se no coração de cada um de nós. Não mais o “para mim” e para o meu “grupo” e sim para a Nação, para o PAÍS. Neste contexto, uma música, do consagrado BETO GUEDES, expressa em versos o aqui narrado.


A música chama-se SAL DA TERRA.

Canta!

Leva tua vida em harmonia

E nos alimenta com seus frutos

Tu que és do homem, a maçã

Vamos precisar de todo mundo

Um mais um é sempre mais que dois

Pra melhor juntar as nossas forças

É só repartir melhor o pão

Recriar o paraíso agora

Para merecer quem vem depois

Deixa nascer, o amor

Deixa fluir, o amor

Deixa crescer, o amor

Deixa viver, o amor

O sal da terra

Anda!

Quero te dizer nenhum segredo

Falo nesse chão, da nossa casa

Bem que tá na hora de arrumar...


Tempo!

Quero viver mais duzentos anos

Quero não ferir meu semelhante

Nem por isso quero me ferir


Vamos precisar de todo mundo

Prá banir do mundo a opressão

Para construir a vida nova

Vamos precisar de muito amor

A felicidade mora ao lado

E quem não é tolo pode ver...


A paz na Terra, amor

O pé na terra

A paz na Terra, amor

O sal da...


Terra!

És o mais bonito dos planetas

Tão te maltratando por dinheiro

Tu que és a nave nossa irmã


Canta!

Leva tua vida em harmonia

E nos alimenta com seus frutos

Tu que és do homem, a maçã...


Vamos precisar de todo mundo

Um mais um é sempre mais que dois

Prá melhor juntar as nossas forças

É só repartir melhor o pão

Recriar o paraíso agora

Para merecer quem vem depois...


Deixa nascer, o amor

Deixa fluir, o amor

Deixa crescer, o amor

Deixa viver, o amor

O sal da terra



ROGÉRIO TRAVASSOS é Advogado, especialista em Direito Privado e Direito Ambiental. Professor Universitário com dedicação exclusiva a Universidade Salgado de Oliveira. 


Veja também