Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,1534 Euro up 5,4255
Search

O frio e suas consequências

Grupo de pesquisa de Direito Ambiental

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de junho de 2022 - 07:24
Grupo de pesquisa de Direito Ambiental
Grupo de pesquisa de Direito Ambiental -

Quem não gosta de um clima mais frio, onde as pessoas se vestem de forma mais elegante, aproveitam o clima para reunir os amigos em volta de uma fogueira e até mesmos os apaixonados que curtem um clima mais romântico ao redor de uma lareira, degustando um bom vinho. Porém, a queda brusca de uma temperatura vem sempre acompanhada de fatores para o surgimento de diversas doenças.

Coluna É Direito?
Coluna É Direito? |  Foto: Divulgação
 

É comum ouvirmos de pessoas que é só o tempo virar que ela vira junto, se referindo ao fato de estar apresentando um alerta de algo que está a caminho, como por exemplo, um espirro que pode virar um resfriado, uma coriza.

O frio facilita a transmissão de fungos, bactérias e vírus
O frio facilita a transmissão de fungos, bactérias e vírus |  Foto: Divulgação
 

O frio por mais que aconchegante, é um clima que facilita a transmissão de fungos, bactérias e vírus, devido ao aumento de pessoas em locais fechados, e com esse agrupamento a facilitação da transmissão é inevitável, tendo em vista, que o vírus sobrevive tempo suficiente para infectar uma pessoa saudável. Fora a queda de umidade, que ainda nos causa a tosse, dificuldade de respirar, congestão nasal e coriza. Geralmente, esses mal-estares, ocorrem por vias respiratórias, são comuns e não apresentam maior gravidade, mas devem ser tratados devidamente para que não haja grandes consequências.

No frio ficamos mais vulneráveis as doenças
No frio ficamos mais vulneráveis as doenças |  Foto: Divulgação
 

Ultimamente, o clima tem mudado do dia para noite, e nem sempre estamos devidamente vestidos para receber essa mudança de clima de uma hora para outra. Fator este, que ficamos mais vulneráveis as doenças, sendo às mais comuns do inverno, como gripe, resfriado, amigdalite, asma, otite, bronquite, pneumonia, sinusites, rinites e alergias.

Hoje em dia, temos vacinas que são usadas na prevenção de algumas dessas doenças, porém, outras o tratamento é caro, sendo substituído por um tratamento mais em conta e acessível. Essas doenças como ditas anteriormente, podem ser causadas por fungos, vírus ou bactérias, podendo causar febre, dores no corpo, fadiga, infecções, inflamações e irritações.

A doença que se torna mais preocupante é a pneumonia, pois se trata de uma infecção aguda dos pulmões que pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos. Pode surgir após uma gripe ou crise de bronquite severa. Por isso, dizem que uma gripe mal curada pode se transformar em uma pneumonia.

Podemos curtir esse clima, sempre bem agasalhados, nos protegendo, nos prevenindo, e aproveitando cada momento
Podemos curtir esse clima, sempre bem agasalhados, nos protegendo, nos prevenindo, e aproveitando cada momento |  Foto: Divulgação
 

Para evitarmos essas doenças causadas pelo clima mais frio é necessário lavarmos as mãos com frequência, verificar a vacinação adequada, manter os ambientes sempre limpos, evitar as mudanças bruscas de temperatura, e principalmente, manter uma alimentação saudável, hidratação, praticar exercícios físicos e um bom descanso.

Como podemos observar apesar do frio ser um clima agradável, com ele vêm suas consequências e devemos sempre nos prevenir para evitarmos doenças. Podemos curtir esse clima, sempre bem agasalhados, nos protegendo, nos prevenindo, e aproveitando cada momento.

PROJETO DE PESQUISA DO CURSO DE DIREITO DA UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA – CAMPUS NITERÓI – PESQUISANDO DIREITO – GRUPO DE PESQUISA DE DIREITO AMBIENTAL – PROFESSOR COLABORADOR ROGÉRIO TRAVASSOS TENDO COMO COLABORADORES DISCENTES DO CURSO DE DIREITO – NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA – NPJ-NITERÓI – COORDENAÇÃO PROFESSOR ROGÉRIO TRAVASSOS – DIRETOR DE CAMPUS – ANDERSON FREIRE.

Matérias Relacionadas