Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1665 Euro down 5,2523
Search

Ex-treinador campeão pelo Fluminense morre aos 74 anos

José Luiz Carbone estava internado desde a última quarta-feira e foi vítima de câncer

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 28 de dezembro de 2020 - 10:50
Carbone foi campeão carioca pelo Fluminense em 1983 e comandou o Tricolor em boa parte do título brasileiro de 1984
Carbone foi campeão carioca pelo Fluminense em 1983 e comandou o Tricolor em boa parte do título brasileiro de 1984 -

Mais um luto em 2020 no mundo do futebol. Na noite deste último domingo (27), morreu José Luiz Carbone, ex-volante com passagens pela Seleção Brasileira, Internacional e Botafogo e ex-técnico por Fluminense e Guarani.

Carbone tinha 74 anos e estava internado desde a última quarta-feira (23) no Hospital Municipal Mário Gatti, na cidade de Campinas. A morte foi consequência de um câncer hepático que foi descoberto no início de dezembro e que evoluiu rapidamente, segundo seu filho Rodrigo. O ex-treinador morreu por volta das 19h.

Além da esposa Marlene, ele deixa cinco filhos e cinco netos.

Revelado pelo São Paulo, Carbone teve passagem marcante como jogador no Internacional, onde foi campeão gaúcho entre 1969 e 1973 e foi considerado um dos mentores de Paulo Roberto Falcão, um dos maiores volantes da história do país. Em 1974, atuou pelo Botafogo e chegou a estar na pré-lista dos 25 convocados da Copa do Mundo daquele ano, sendo cortado pelo técnico Zagallo depois.

Como técnico, passou por mais de 30 clubes. O trabalho mais notável foi pelo Fluminense entre 1983 e 1984, quando foi campeão carioca em 83 e comandou a equipe em grande parte das partidas no título brasileiro de 84. Saiu antes do fim da competição por desentendimentos com a diretoria da época e deu lugar à Carlos Alberto Parreira, que levantou a taça pelo Flu.

Nos últimos anos, estava trabalhando na Rádio Brasil de Campinas, como comentarista esportivo.

Matérias Relacionadas