Polícia indicia 33 torcedores de torcida organizada do Vasco por confusão em aeroporto

Delegado sugeriu medida cautelar contra os torcedores

Escrito por Redação 30/11/2020 16:58, atualizado em 30/11/2020 17:56
Confusão aconteceu no dia 8 de outubro
Confusão aconteceu no dia 8 de outubro . Foto: Divulgação

Foram indiciados 33 torcedores integrantes da Torcida Jovem do Vasco da Gama. O inquérito policial foi concluído pela Polícia Civil através da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio (DAIRJ), no Galeão. O delegado titular Adriano França decidiu que eles terão que responder, cada um de acordo com sua medida de participação, pelos crimes de  lesão corporal e associação criminosa, com a agravante de terem sido cometidos durante a pandemia do coronavírus.

Foram identificados todos os integrantes da torcida que participaram da confusão no aeroporto no dia 8 de outubro. As provas foram colhidas por meio de depoimentos, imagens das câmeras de segurança do aeroporto e buscas domiciliares. O delegado Adriano França sugeriu medida cautelar para que eles não frequentem o aeroporto sem autorização judicial. De acordo com ele, a investigação e indiciamento devem servir como medida educativa.

A briga aconteceu no dia 8 de outubro, por volta das 2h da manhã, quando parte do Grêmio Recreativo Torcida Jovem do Vasco da Gama (TJVG) esperava o time desembarcar de viagem de Salvador, para protestar contra o resultado negativo no jogo Bahia x Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. No local, outra parte da torcida organizada chegou e a confusão foi iniciada. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas