Emanoel Sacramento retorna em grande estilo ao Gonçalense e se aproxima de fazer história

Tricolor bateu Nova Cidade por 2 a 1 no retorno do treinador campeão da Série C de 2014

Enviado Direto da Redação
A mudança de treinador surtiu efeito no Gonçalense e a equipe voltou a vencer após três jogos na Série B1 do Campeonato Carioca. Emanoel Sacramento e seus comandados bateram o Nova Cidade de virada, por 2 a 1, em confronto fora de casa na última quarta-feira (14), em Nilópolis.
Restando uma rodada para o fim da Taça Santos Dumont, o Tricolor depende de uma vitória simples sobre o Serra Macaense para avançar às semifinais do primeiro turno. Sacramento terá a missão de equilibrar as emoções do elenco, que está perto de conquistar essa classificação inédito na história do clube.
- A parte emocional é muito importante nesses momentos. Temos que passar para eles que uma grande festa está para acontecer e você é dono do carimbo para se convidar. Espero que eles consigam entender isso, descansar, se preparar nesses dois dias e chegar forte no domingo e fazer história. Vai ser histórico chegar numa semifinal de turno - projetou o treinador, que sabe como é vencer no Gonçalense, já que foi campeão da Série C Estadual pelo clube em 2014.
No duelo contra o Nova Cidade, o Gonçalense demonstrou força psicológica ao superar a adversidade de ter saído atrás do placar logo com dois minutos. Sacramentou salientou o entendimento que os jogadores demonstraram sobre as condições que a partida impôs.
- Infelizmente temos que dar uns gritos que até a voz fica um pouco falha, mas a equipe soube entender o jogo rapidamente. Logo que levou o gol, a equipe ainda teve um ou dois momentos que titubeou, mas logo depois entrou no ritmo de jogo e entenderam que tinha que jogar a bola na última linha e brigar pela segunda bola. Aí sim a gente conseguia jogar. Conseguimos fazer eles entenderem e fomos muito felizes de conseguir empatar na última bola do primeiro tempo - explicou o comandante, concluindo em seguida.
- Você empata o jogo e dá um desânimo muito grande na equipe adversária. No segundo tempo conseguimos ajustar e a equipe teve uma compactação melhor com os três zagueiros, com um homem ali na frente da zaga. Viramos, tivemos chance até de fazer mais gols, mas fico muito agradecido a Deus por essa grande vitória.
O compromisso decisivo do Gonçalense na Taça Santos Dumont é no próximo domingo (18), às 15h. No Alzirão, em Itaboraí, o Tricolor recebe o Serra Macaense. Uma vitória por qualquer placar assegura a vaga nas semifinais do primeiro turno.

Veja também