Castan elogia estreia de Ramon e revela saudade da torcida

O zagueiro analisou o desempenho do time

Enviado Direto da Redação
O zagueiro analisou o desempenho do time

O zagueiro analisou o desempenho do time

Foto: Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Capitão e uma das referências do atual elenco vascaíno, Leandro Castan foi um dos escolhidos para falar com a imprensa após a vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, neste domingo (28/6), em São Januário.. Os jornalistas enviaram perguntas para a assessoria de imprensa do clube, que repassou aos jogador e ele respondeu através da transmissão na Vasco TV. Nesta zona mista em tempos de pandemia, o zagueiro analisou o desempenho do time e elogiou a estreia do novo treinador, Ramon Menezes, no comando da equipe. 


"Temos que ter o pé no chão, tem muita coisa pela frente. O ano vai ser muito exigente e com muitos jogos, mas confio muito nesse grupo. Dar parabéns ao Ramon na sua estreia, mostrou que com certeza vai ser um grande treinador. A equipe assimilou o que ele pediu, e a gente fez um grande jogo. Acho que a gente deu um saborzinho e mostramos um aperitivo do que ele quer. O principal é que a gente tem um jogo, sabe qual é o nosso jogo. Agora é gradualmente ir melhorando para poder estar o mais rapidamente possível no melhor nível e 100%", disse Castan. 


Castan também mandou um recado para o torcedor vascaíno. Ele ressaltou a dificuldade de atuar em São Januário sem o calor e a presença da torcida e revelou que espera que a pandemia passe o quanto antes e os torcedores possam retornar aos jogos com segurança o mais rápido possível:


"Foi muito difícil jogar sem a presença do nosso torcedor. Realmente jogar em São Januário vazio é muito diferente, vocês fazem falta. Espero que, com todas as precauções, a torcida possa estar aqui empurrando nosso time porque tenho certeza que com sintonia entre time e torcida, a gente pode ir muito longe ".


Dupla com Ricardo 


A gente fez um bom jogo. É sempre difícil quando você joga fora de posição, mas o Ricardo é um garoto de muita qualidade e jogou superbem. Estou muito feliz com o nosso desempenho ali atrás. Quando a gente foi exigido, pôde mostrar o nosso valor e deixar o time curto.


Jogo mais estranho da vida? 


Foi diferente hoje. Estranho você estar ofegante no aquecimento e botar a máscara depois. Mas a gente sabe que é importante isso, o departamento médico está fazendo um grande trabalho no Vasco. Estão protegendo a gente realmente para voltar de forma segura e deixo meus parabéns ao departamento médico. Depois de tanto sem jogar, tem o ritmo de jogo, que é diferente. Às vezes um passe, posicionamento. Acho que deu para ver muita coisa num primeiro jogo, mas creio que dá para melhorar muito.


Fellipe Bastos


O Fellipe é irmãozão meu. Na quarentena, tomamos a decisão de um dar força ao outro treinando. Fico muito feliz por esse jogo dele, é um cara que tem qualidade muito grande. Ele precisava mostrar isso também nos jogos, ele mostrou, então estou muito feliz. Temos um espírito de um time que quer vencer.

Veja também