Botafogo goleia Cabofriense em jogo marcado por protestos

Placar final foi de 6 x 2 para o Alvinegro

Enviado Direto da Redação
Apesar da resistência da Cabofriense, o Alvinegro dominou a partida

Apesar da resistência da Cabofriense, o Alvinegro dominou a partida

Foto: Divulgação

Após um longo período fora dos campos devido a pandemia do novo coronavírus, o Botafogo voltou a jogar pela Taça Rio neste domingo em confronto contra a Cabofriense. Na partida, marcada por protestos contra o racismo e a volta do campeonato em meio ao grande número diário de mortos infectados pela Covid-19, o Glorioso venceu por 6 x 2.


O Botafogo, clube que se posicionou contra o retorno dos jogos, entrou em campo com o cartaz  "Protocolo bom é o que respeita vidas", além de vestir camisas com a frase "Vidas negras importam". 


Após dois minutos de jogo, o elenco do Botafogo se ajoelhou e interrompeu a partida. Protesto que foi respeitosamente esperado pela Cabofriense.


Quanto ao jogo, o Botafogo dominou o adversário, terminando o primeiro tempo com dois gols: o primeiro de Luiz Henrique logo aos três minutos e o segundo de Cícero, que chutou de fora da área.


O segundo tempo foi marcado pelo domínio Alvinegro, que marcou mais quatro gols.


Após Emerson Carioca diminuir para a Cabofriense aos quatro minutos, Pedro Raul marcou o terceiro para o Botafogo logo depois. O Alvinegro ampliou mais uma vez numa cobrança de pênalti de Diego Sales. A partir dos 29 minutos, porém, só deu Botafogo. Bruno Nazário fez o terceiro. Luiz Henrique marcou mais um cinco minutos depois e Caio Alexandre fechou a goleada no Nilton Santos.


Com o resultado, o Botafogo está com sete pontos e ocupa a segunda colocação do Grupo A. A Cabofriense ainda não pontuou e está na lanterna da classificação.


Na próxima e última rodada da Taça Rio, o Botafogo enfrenta a Portuguesa, e a Cabofriense joga contra o Bangu. Os jogos estão marcados para a próxima quarta-feira, dia 1º, mas ainda terão locais e horários confirmados. 

Veja também