Ex-jogador do Flamengo, do Fluminense e do Cruzeiro morre aos 66 anos

O enterro aconteceu na última sexta-feira (22)

Enviado Direto da Redação
Jogador atuou pelo Flamengo e pelo Fluminense

Jogador atuou pelo Flamengo e pelo Fluminense

Foto: Reprodução/Internet

O ex-atacante e técnico Eli Carlos, de 66 anos, morreu em decorrência de uma parada cardíaca na manhã da última sexta-feira (22), em Campinas. O jogador já atuou pelo Fluminense e pelo Flamengo, além de times como Guarani, Coritiba, e Cruzeiro. Ele deixa uma esposa e duas filhas.


Eli, que é irmão do técnico Silas, estava internado desde agosto do último ano, quando realizou uma endoscopia e sofreu uma parada cardíaca durante procedimento.


O atleta ficou conhecido por atuar em diversos clubes, no entanto, sua maior marca para o futebol brasileiro foi sua passagem pelo Coritiba entre os anos de 1975 e 1976. Eli conseguiu ser bicampeão no campeonato paranaense com o clube naqueles anos.


O ex- atacante atuou pelo cruzeiro entre 1977 e 1980, onde conquistou a vitória do Campeonato Mineiro em 77. Ele jogou pelo Cruzeiro em 98 partidas e marcou 34 gols no clube.


Em postagem no Twitter, o Cruzeiro mostrou seu luto e homenageou o ex-jogador.

"Lamentamos a morte do ex-atleta Eli Carlos, que fez 98 jogos com a nossa camisa, tendo se destacado no título estadual do ano de 1977, quando foi artilheiro com 17 gols. Aos familiares e amigos, nossos sinceros sentimentos", escreveu o clube.


O enterro do ex-atacante foi na última sexta-feira (22), no Cemitério do Flamboyant, em Campinas.

Veja também