Vasco: Campello se reúne com atletas para discutir salários atrasados

Campello afirmou que pensa em soluções para resolver a questão

Enviado Direto da Redação
O presidente do clube está buscando resolver a situação financeira do clube

O presidente do clube está buscando resolver a situação financeira do clube

Foto: Divulgação/Paulo Fernandes/Vasco

A situação ficou tensa no CT do Almirante na última terça-feira (10). Isso porque Alexandre Campello realizou uma reunião com os jogadores do Vasco para explicar a questão dos salários atrasados. O dirigente do clube carioca havia marcado a reunião com os atletas há algum tempo e solicitou o apoio da Polícia Militar como um reforço de segurança para o evento, por causa da enorme quantidade de protestos que os torcedores vem fazendo com a situação.

De acordo com informações divulgadas pelo site NetVasco, a reunião durou meia hora e Campello evitou fazer promessas de pagamento para os atletas. No entanto, uma parte da dívida com os jogadores pode ser paga até o dia 20, que é quando vence o salário do mês de fevereiro, mas não é nada confirmado. O presidente do clube carioca apenas mostrou que vem se esforçando para resolver o problema financeiro do time.

O Vasco deve aos seus atletas os salários dos meses de dezembro, janeiro, parte do 13°, férias e cinco meses de direitos de imagens. O clube só não deve o salário de fevereiro, pois só vence no dia 20.

Com a péssima situação, os atletas não tem conseguido desempenhar o melhor de si nos jogos e, por isso, a situação do Vasco se complica também dentro dos campos.

Com a situação, os atletas estão em protesto e, por isso, eles não concedem entrevistas há três semanas, o que o técnico Abel Braga vem apoiando, mesmo sendo o único que continua dando entrevistas.

Uma das formas que Campello encontrou para conseguir algum dinheiro foi pedir para que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) antecipasse o dinheiro da classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O Cruzmaltino tem o direito de receber o valor da classificação para a segunda fase da competição e gostaria de receber juntamente o montante da terceira fase. Campello tem feito reuniões com a CBF para resolver a situação. A partir da partida com o ABC, a entidade tem até 30 dias para transferir o valor para o clube.

O Vasco agora se prepara para enfrentar o Goiás na próxima quinta-feira (12), às 21h30, na São Januário, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Veja também