Odair fala sobre vitória do Flu: "temos consciência de que erramos"

O time carioca venceu o Moto Clube na noite de ontem (26)

Enviado Direto da Redação
O técnico falou sobre a importância da vitória em uma entrevista coletiva após o jogo.

O técnico falou sobre a importância da vitória em uma entrevista coletiva após o jogo.

Foto: Divulgação/Mailson Santana/FFC

O Fluminense conseguiu se destacar na partida de ontem (26), contra o Moto Club. O time carioca ganhou o jogo de 4X2 e conseguiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. Além disso, a vitória foi importante para o técnico Odair Hellmann, que vinha sendo pressionado pelos dirigentes do clube depois que o Flu foi eliminado da Sul-Americana. O técnico falou sobre a importância da vitória em uma entrevista coletiva após o jogo.


"Mostramos na preleção as características deles, uma dessas era a bola longa, outra era a cobrança de escanteio no primeiro pau. Temos consciência de que erramos em coisas que treinamos. Sabíamos que isso poderia acontecer. Nós precisamos corrigir isso. Não podemos entrar em um jogo e dar essa possibilidade ao adversário, tendo estudado isso", afirmou o treinador do Flu.


A partida entre Moto Club e Flu teve início com dois gols do time de Rondônia logo nos primeiros 12 minutos de jogo, mas o Tricolor carioca conseguiu recuperar o prejuízo e marcar gols para vencer o jogo. 


"Iniciar o jogo perdendo de 2 a 0 pode comprometer a vitória, a classificação. Depois do segundo gol, a equipe se estabilizou e teve méritos de não entrar em desespero ou fazer gol de qualquer custo. Eles baixaram a linha de marcação em um campo alto, não dava para acelerar sempre. Depois de um tempo fizemos isso e por isso vencemos por 4 a 2 e fomos merecedores da classificação", disse Odair. 


Durante a partida, o Flu se reergueu com um gol de Nenê aos 17 minutos e outro aos 49 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, o time de Odair continuou se destacando e ainda balançou a rede mais duas vezes: uma foi com Nino aos 72 minutos e outra com Marcos Paulo aos 84. O técnico deu sua opinião sobre a dupla Nenê e Ganso. 


"É uma variação que nós temos. O time não pode ter só uma forma de jogar. A gente visualiza sempre o próximo jogo. A princípio permanecemos com um meia de ligação. A gente vai usar os dois sempre para potencializar a qualidade que os dois tem. Dentro dos jogos ou em algum jogo específico, vamos usar. Mas a ideia segue jogando com um meia só. Não tem nada definitivo. Se isso nos mostrar na sequência que podemos mudar, ser agressivo ofensiva e defensivamente, vamos usar inicialmente também", contou Odair. 

Veja também