Caixa não quer liberar o valor de R$ 5 milhões que deve ao Vasco

O banco foi notificado que deveria liberar o valor no último dia 6

Escrito por Redação 13/02/2020 06:38, atualizado em 12/02/2020 10:33

O Vasco aguarda a liberação do valor de R$ 5 milhões que a Caixa Econômica Federal deve ao clube, no entanto, mesmo que a lei tenha aprovado a liberação dessa quantia, parece que não será tão fácil para o clube ter esse dinheiro nas mãos. Isso porque o departamento jurídico da Caixa tenta reverter a ação que obriga o pagamento da quantia ao clube. O dinheiro ajudaria o Cruzmaltino a pagar os salários atrasados de seus funcionários. 


O processo que afirma a liberação do dinheiro da Caixa para o Cruzmaltino foi decidido pelo juiz José Monteiro Lopes, da 36ª Vara do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1) e decorre de uma ação do Sindicato de Empregados em Clubes do Estado do Rio (Sindeclubes). De acordo com informações do processo, o dinheiro que a Caixa deve ao clube está retido há mais de um ano. O banco foi notificado que deveria liberar o dinheiro no último dia 6.


O clube cobra o valor da Caixa, no entanto, o banco afirma que parte do clube descumpriu uma série de acordos no contrato, além de prestação de contas e obtenção de certidões negativas de débito.


O banco está certo de que deve conseguir reverter a decisão judicial, pois essa não é a primeira vez que a Caixa passa por uma ação desse tipo e sempre conseguiu retroceder a situação.


Em nota, a Caixa "esclarece que o pagamento de parcelas do contrato de patrocínio está condicionado ao cumprimento das contrapartidas pactuadas, bem como de todas as demais condições contratuais".  Reforçamos que se trata de contrato de patrocínio, com condições pactuadas.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas