Egídio fala sobre FlaXFlu: 'Vai ser difícil para a gente e para eles'

Egídio já foi cria do time da Gávea

Escrito por Redação 11/02/2020 14:33, atualizado em 11/02/2020 15:28


Egídio tem 33 anos e é um dos crias do Flamengo. Atualmente jogando pelo Flu, o atleta vai encarar o time que o revelou nesta quarta-feira (12) e a disputa vale uma vaga na semifinal da Taça Guanabara. Como o Flu é o líder do Grupo B, o time de Laranjeiras ganha se obtiver, pelo menos, um empate. No entanto, Egídio, que já é um jogador experiente, afirma que a partida será difícil. 


"É Fla-Flu, é clássico. Então se vai ser difícil para a gente, vai ser difícil para eles também e o clássico é definido em detalhes. O jogo é jogado, o Flamengo não é um time invencível. Então é a gente se preparar, não tem nenhum monstro do outro lado. É um Fla-Flu, clássico histórico e estaremos preparados para esta semifinal", afirmou Egídio. 


Apesar de ter sido criado pelo Fla, o jogador não se firmou como atleta do clube, já que foi emprestado diversas vezes para clubes como como Paraná, Juventude, Figueirense, Vitória, Ceará e Goiás.


"Vamos jogar com a vantagem do empate porque a gente construiu isso. Agora, a gente não entra em campo pensando em empatar, mas sim em vencer. Se chegar no fim do jogo e estivermos apertados e a partida empatada, vamos pensar na vantagem. Vamos entrar para vencer. O time contra o Botafogo apresentou um bom futebol, consistente, com bastante seriedade dentro de campo. Esperamos fazer uma bela partida como fizemos no domingo", disse Egídio esperançoso. 


Esta vai ser a segunda vez que o Flu enfrentará o Flamengo nesta temporada. No entanto, na primeira partida, o time de Laranjeiras enfrentou os jovens da base e não a equipe principal do clube. Mas, para Egídio, enfrentar o Fla não é novidade. O jogador já jogou contra o time da Gávea 12 vezes, tendo vencido cinco partidas e perdido sete. Na época, ele jogava por times como Paraná, Cruzeiro e Flu. 


Egídio é um dos jogadores que mais venceram na década. Ele já ganhou três títulos brasileiros e duas Copas do Brasil atuando pelo Palmeiras e pelo Cruzeiro. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas