Vasco pode receber mais de R$10 milhões com venda de Philippe Coutinho

Os direitos de Coutinho atualmente são do Barcelona

Enviado Direto da Redação
O jogador foi um dos craques da seleção brasileira no último ano

O jogador foi um dos craques da seleção brasileira no último ano

Foto: Divulgação/Lucas Figueiredo/CBF

O Vasco foi o clube formador do craque Philippe Coutinho e, mesmo estando longe do time, o jogador pode render um alto lucro ao Cruzmaltino. Isso porque diversos clubes europeus tem interesse no meia e essas disputas financeiras podem acabar gerando um leilão por Coutinho na próxima janela de transferências européia. Como o Vasco tem direito a 2,5% do valor da venda do atleta, a situação pode reerguer o clube que vem tentando pagar o salário atrasado de seus funcionários.

Clubes como o Liverpool, onde Coutinho já jogou e teve um grande destaque, Manchester City, Manchester United e Paris Saint-Germain são os principais interessados no atleta.

De acordo com informações do transfermarket, Coutinho vale cerca de 70 milhões de euros no mercado atual. Com isso, o Vasco teria direito a 11, 8 milhões de reais pelo jogador (cerca de 2,5% do dinheiro da transação). No entanto, como nada está certo, se ocorrer um leilão, o valor do jogador pode aumentar mais ainda, assim como o lucro do Vasco. Basta esperar para saber como essa situação vai se desenrolar.

Coutinho atualmente é jogador do Bayern de Munique e vem intercalando entre o time reserva e o titular. No entanto, Coutinho não é um dos nomes que o clube quer manter na próxima temporada.

Os direitos do jogador atualmente pertencem ao Barcelona, que também não tem interesse em Coutinho.

Veja também