Flamengo vende Pablo Marí por R$ 46,1 milhões ao Arsenal, da Inglaterra

O jogador fazia parte do setor defensivo do clube carioca

Enviado Direto da Redação
O jogador, que já atuou pelo Manchester City, estava no Flamengo há seis meses

O jogador, que já atuou pelo Manchester City, estava no Flamengo há seis meses

Foto: Reprodução/Flamengo


O Flamengo está obtendo sucesso nas negociações de jogadores neste início de 2020. Depois de fechar contrato com jogadores como Pedro e Gabigol, o time agora também conseguiu uma grande quantia em dinheiro com a venda de um de seus membros, o jogador espanhol Pablo Marí, que agora irá para o Arsenal, da Inglaterra. As negociações entre o Fla e o clube europeu foram finalizadas na noite dessa sexta-feira (24). 


Marí tinha um contrato com o Flamengo que duraria até o final de 2022. Por isso, para conseguir o jogador, o Arsenal teve que pagar cerca de 10 milhões de euros (R$ 46,1 milhões na cotação atual) para o time carioca. A quantia acabou sendo integralmente do Fla, que detinha 100% dos direitos do jogador. A negociação foi conduzida por André Cury.


O jogador espanhol viajou, com a autorização do Flamengo, para Londres na noite de ontem (24). Lá, Marí assinará o contrato com o Arsenal e fará os exames necessários para o clube.


Apesar da negociação, o Rubro-Negro não quer se desfazer do time responsável por suas vitórias no último ano. No entanto, o clube acabou vendendo o jogador pelo desejo do próprio Pablo Marí, que queria disputar a Premier Legue. Além disso, a família do jogador queria voltar para a Europa e isso pesou na decisão do Flamengo.


Marí chegou ao Brasil há seis meses para atuar no Flamengo e ele era indicação do técnico do time carioca Jorge Jesus. O Rubro-Negro comprou o jogador por cerca de R$ 5,5 milhões.


Marí fazia parte do setor defensivo do Flamengo. Com a venda dele, o time ainda conta com Arsenal, Rodrigo Caio, Thuler, Gustavo Henrique e Dantas.

Veja também