Pedro Rocha se emociona ao estar no Flamengo: "Clube da minha infância"

O jogador teve que parar a entrevista várias vezes para conter as lágrimas

Enviado Direto da Redação
O jogador estava ao lado de Marcos Braz e Bruno Spindel

O jogador estava ao lado de Marcos Braz e Bruno Spindel

Foto: Divulgação/Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo está investindo em seu setor ofensivo para a temporada de 2020. O atacante Pedro Rocha foi apresentado como novo membro do time carioca na última segunda-feira (13), no Ninho do Urubu. O jovem se emocionou e contou que sempre foi seu sonho estar no Rubro-Negro, o que acabou animando diversos torcedores do Flamengo.

Durante a entrevista coletiva de apresentação, o jogador, que estava perto dos dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel, se emocionou ao vestir a camisa preta e vermelha do time. Pedro afirmou que escolher o Flamengo foi a coisa mais fácil que ele já fez. “A gente escolhe o que o coração manda. Escolher o Flamengo foi a coisa mais fácil do mundo. Clube da minha infância, da minha família, é uma emoção muito grande. Como falei, escolha do coração, algo natural”, afirmou ele emocionado.

No entanto, o jogador acabou caindo em lágrimas no momento em que os repórteres falaram sobre o seu pai, Jessé Neves. “Falar do meu pai é.... Desculpa (choro). Se hoje estou aqui muito é por ele. Ele que me ensinou o que é futebol, me acompanha até hoje e hoje estar vestindo a camisa do Flamengo é um sonho para ele, porque ele tentou também. Infelizmente não deu. Sei que o meu sonho é o sonho dele. Estou aqui por ele e por toda minha família”, falou o jogador que precisou parar de responder as outras perguntas por um tempo para se recuperar da emoção.

Pedro também foi perguntado sobre suas expectativas para atuar no Flamengo em 2020. “Penso que nosso treinador terá muito trabalho para fazer o time jogar como em 2019. Chego para somar, dar mais qualidade. Estou feliz de estar participando e jogar com jogadores que foram fantásticos no ano passado. É uma realização”, disse o atacante que deve atuar junto com Arrascaeta, Bruno Henrique e Vitinho.

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, falou que já vinha tentando negociar com Pedro há algum tempo. “Pedro é um jogador que, há algum tempo, vínhamos namorando. No meio de 2019 já vínhamos conversando. Não foi possível e agora conseguimos fazer a contratação. Estão de parabéns a diretoria, torcedores e o jogador. Boa sorte, Pedro. Estamos tendo muito êxito nas contratações (na gestão do presidente Rodolfo Landim) e tenho certeza que contigo não será diferente”, disse Braz.

Pedro atuou pelo Grêmio de 2014 a 2017, e, logo depois, ele foi para o Spartak Moscow. O jogador foi emprestado pelo time russo para o Flamengo.

Pedro já deve começar a treinar nesta semana e ele está à disposição de Maurício Souza, técnico do Sub-20, que comanda as atividades no CT. A equipe do sub-20 vai atuar na primeira fase do Carioca, pois o elenco principal do Flamengo está de férias e só retorna no próximo dia 27, quando a competição já terá iniciado.

Veja também