Abel Braga entrega o cargo e Adilson Batista assume o comando do Cruzeiro

O treinador foi o terceiro a comandar a equipe em apenas um ano

Enviado Direto da Redação
O treinador foi o terceiro a comandar a equipe em apenas um ano

O treinador foi o terceiro a comandar a equipe em apenas um ano

Foto: Divulgação/Cruzeiro

Cruzeiro e CSA entraram em campo pela 35ª rodada do Brasileirão nesta quinta-feira e a Raposa acumulou mais uma amarga derrota no campeonato. Depois de perder por 1 a 0, o Cruzeiro optou por mudanças nessa reta final do campeonato.

Logo após a derrota, o técnico Abel Braga pediu demissão do cargo e diretoria aceitou o pedido já no vestiário do Mineirão. Prontamente, a equipe já acertou com Adilson Batista, que pegou o Cruzeiro em 2011, na mesma situação que está hoje, e conseguiu impedir o rebaixamento do clube. Sua contratação nesta fase final, faltando três rodadas para o fim do campeonato é para conseguir realizar o mesmo feito.

O Cruzeiro está na 17ª posição, com 36 pontos, Os dois próximos jogos são fora de casa, contra Vasco, segunda-feira, e Grêmio, quinta. Na última rodada, dia 8 de dezembro, o jogo é contra o Palmeiras, no Mineirão.

Abel chegou ao Cruzeiro no final de setembro, sendo o terceiro técnico da equipe em apenas um ano. O treinador comandou 14 jogos e teve um rendimento ruim, com três vitórias oito empates e três derrotas.

Veja também