Brasil vence o Peru por 3 a 1 e é campeão da Copa América

Everton, Gabriel Jesus e Richarlison fizeram os gols da vitória por 3 a 1

Enviado Direto da Redação
R$ 38.760.850 de renda bruta, recorde absoluto de arrecadação num jogo de futebol no Brasil

R$ 38.760.850 de renda bruta, recorde absoluto de arrecadação num jogo de futebol no Brasil

Foto: Divulgação/AFP


O Brasil venceu o Peru neste domingo por 3 a 1, no Maracanã, e se tornou o campeão da Copa América 2019.


Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, Gabriel Jesus fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau, onde Everton apareceu livre para abrir o placar com um chute de primeira. Os brasileiros só foram ameaçados aos 40, quando Cueva invadiu a área pela direita e viu seu cruzamento rasteiro ser desviado pelo braço de Thiago Silva. O árbitro marcou pênalti, revisou a jogada no VAR e confirmou a penalidade, convertida por Guerrero.


O time peruano estava contente em ir para o intervalo com um empate mas, nos acréscimos, Roberto Firmino roubou a bola no campo de ataque e tocou para Arthur, que contou com um escorregão de Zambrano para deixar Jesus na cara do gol. O camisa 9 bateu cruzado, fazendo 2 a 1 para os donos da casa.


Aos 24 minutos da etapa complementar, cartão vermelho para Gabriel Jesus. Ele disputou bola no alto com Zambrano no lado esquerdo do ataque do Brasil e recebeu o segundo amarelo ao derrubar o peruano. Muito revoltado, Jesus saiu de campo fazendo gestos de que o juiz estaria roubando o Brasil no jogo. O jogador ainda tentou derrubar o VAR na beira do campo e chorou muito com a expulsão.


Os peruanos pressionaram bastante no segundo tempo. Aos 41, Everton roubou a bola no lado esquerdo, entrou na área e foi derrubado por Zambrano. O juiz marcou pênalti, cobrado pelo atacante Richarlison, que entrou no lugar de Roberto Firmino, e ampliou o placar para o Brasil. Com o terceiro gol da Seleção, surgiram os gritos de "É campeão" e sinalizadores na arquibancada.


O jogo foi até os 51 minutos e no final saímos campeões pela nona vez! 


Os números também impressionam, 58.504 de público pagante, 11.402 de público não pagante e R$ 38.760.850 de renda bruta, recorde absoluto de arrecadação num jogo de futebol no Brasil.

Veja também