Crianças niteroienses são convocadas para disputar campeonato na Hungria

Competição será entre os dias 16 e 21 de julho

Enviado Direto da Redação

Por Daniel Magalhães e Rennan Rebello


Três pequenos lutadores olímpicos de Niterói foram convocados pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) para representar o país no Combat Games ISF, que acontece neste mês na Hungria. O campeonato reúne atletas entre 13 e 18 anos de diversas escolas no mundo. Yan Landini e os irmãos Gustavo e Samara Silva participarão da competição em Budapeste entre os dias 16 e 21 de junho.


Sobre o torneio, os atletas dizem estar focados. Samara, por exemplo, diz “estar determinada em conquistar o 1º lugar com a ajuda da família e dos técnicos.” Para isso, a rotina de treinos no 12º Batalhão de Niterói foi intensificada e a atleta fica depois da hora no centro de treinamentos para praticar novas técnicas de combate.


Os três competidores colecionam títulos que complementam seus currículos. Sarama conquistou o 2º lugar no campeonato de Wrestling, em Natal, Rio Grande do Norte, em 2018. Seu irmão, Gustavo, também conquistou o 2º lugar na etapa nacional do Combat Games, em Brasília, enquanto Yan conquistou o 1º lugar em sua categoria e também foi convocado.


Os três atletas gonçalenses, que treinam no mesmo batalhão, estão bem animados e ansiosos com a primeira viagem internacional. “Pra mim é importante ir à Hungria para mostrar tudo o que eu sei e, com isso, abrir mais portas para minha carreira” diz Gustavo. Yan completa: “Estou bem ansioso para a competição e a viagem, mas vai dar tudo certo, se Deus quiser.”


Os pais e os técnicos estão apreensivos com a viagem, mas esperam que os jovens colham bons frutos dessa experiência. “Vai ser muito bom para eles, mas eu, como mãe, estou bem ansiosa e meu marido, Leandro, também.” Conta Mônica Silva, mãe de Gustavo e Samara.


Os jovens e os pais esperam conseguir patrocínio após a competição para continuar praticando o esporte, já que a luta olímpica não recebe tanto investimento.


O trio de competidores viajará para Budapeste na próxima semana e a torneio começa no dia 14 de junho. Todas as despesas de passagem e visto serão pagas pela CBDE, mas os pais têm batalhado para conseguir dinheiro para que os filhos consigam se manter no local e comprar equipamentos. Para isso, eles têm ajudado as crianças com venda de trufas no Campo de São Bento para custear a estadia deles na Hungria.


“Nós nos dedicamos muito a eles, abrimos mão de finais de semana. Estamos batalhando e nos esforçando demais, mas é muito gratificante” completa a mãe.

Veja também