Projeto ‘Ao Lado do Seu Ídolo’ leva jovens de Maricá em jogo da Superliga

Jovens assistiram a duas partidas profissionais no último sábado

Enviado Direto da Redação

A Jeunesse, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, recebeu 38 alunos da escola de vôlei (quadra e areia) do Projeto Esporte Presente, da Prefeitura de Maricá, para assistir a duas partidas de vôlei pela Superliga feminina e masculina, no último sábado.


A ação faz parte do projeto “Ao Lado do Seu Ídolo”, da Secretaria de Esporte e Lazer de Maricá, que tem como objetivo proporcionar aos alunos a experiência de vivenciar o esporte e conhecer os seus ídolos, além de ser um estimulo para os jovens que estão começando na vida desportiva. No primeiro confronto, pela 21ª rodada da Superliga feminina, a torcida de Maricá vibrou com o jogo entre o Sesc-Rio e o Balneário Camboriú, no qual, as meninas do Sesc-Rio venceram por 3 sets a 0.


Já no segundo jogo, entre o time masculino do Sesc-Rio e o Cruzeiro, a equipe de Minas derrotou o Sesc-RJ por 3 sets a 1. Ao final, os alunos puderam interagir e tirar fotos com os jogadores, além de bater bola na quadra da Jeunesse Arena.


De acordo com Bruno Barcellos, professor da escolinha de vôlei da Prefeitura, esse tipo de iniciativa promove além de interação e divertimento o espirito esportivo necessário para que os alunos se dediquem ainda mais durante as aulas de vôlei do projeto. “É a terceira vez que o Sesc-Rio nos convida para estar aqui na Jeunesse Arena assistindo os confrontos dos seus times pela Superliga”, lembrou o professor. “E, nós sempre priorizamos trazer os alunos que ainda não tiveram essa experiência. Dessa vez tivemos 14 jovens vindo pela primeira vez”, afirmou. “Basta olharmos a expressão de alegria e admiração no rosto de cada aluno para constatarmos que esse tipo de ação só tem a agregar ao nosso projeto. Eles prestam atenção em tudo, na postura dos jogadores durante o aquecimento, na disciplina e na garra durante a partida e isso é uma inspiração para essa garotada”, avaliou Bruno.


Para Maria Eduarda, de 15 anos, moradora de Itapeba, que já está na escolinha há um ano, esse tipo de atividade deveria acontecer sempre. “Adoro fazer parte da escolinha. Foi aqui que aprendi a amar o vôlei e desde que comecei já melhorei bastante”, disse Maria. “Estou adorando isso aqui, pois já tinha vindo antes e hoje ganhamos camisas, tirei fotos com os jogadores que eu gosto e volto para a escolinha motivada. Se dependesse de mim, viria toda semana”, afirmou Aluno da escolinha de vôlei há dois anos, Marcos Amaral, de 18 anos, que reside no bairro de Araçatiba, contou que essa foi a sua primeira vez na Jeunesse Arena. “Estou gostando muito de estar aqui. Essa ideia de nos aproximar dos nossos ídolos é muito bacana. Desde criança, eu sempre gostei muito de vôlei e vejo tudo isso que a Secretária de Esporte está fazendo na cidade como algo muito positivo. Tirei muitas fotos com jogadores, todos foram muito receptivos”, ressaltou Marcos.

Veja também