Professor busca patrocínio para projeto de Jiu-Jitsu

Objetivo é transformar crianças carentes em atletas

Enviado Direto da Redação
'Icon Team' compete dentro e fora do Brasil

'Icon Team' compete dentro e fora do Brasil

Foto: Divulgação

Por Vítor d'Avila e Marcela Freitas

Entre as poucas oportunidades que crianças carentes têm para conseguir uma vida bem sucedida, o esporte sempre aparece como um dos caminhos onde se pode, com muito empenho, colher ótimos frutos. Com essa motivação, o professor Alexandre Cruz idealizou, em 2013, o Projeto Vencedores em Cristo/Icon Team, com o apoio dos responsáveis técnicos Rogério Moura, Fabiano Fera, Marcos Barros e José Marcelo, no bairro Estrela do Norte.

O objetivo é, através de aulas gratuitas de Jiu-Jitsu, levar um novo horizonte aos jovens das regiões de São Miguel, Mutuá, Mutuapira, Galo Branco e Rocha. “O foco do nosso projeto é alcançar crianças e adolescentes que estão em condições de vulnerabilidade, criamos este projeto social que ministra aulas de Jiu-Jitsu grátis, aos sábados para crianças, adolescentes e até adultos da nossa comunidade", disse Alexandre.


As aulas não são meramente recreativas. A equipe Icon Team quer formar grandes campeões de Jiu-Jitsu. Para isso, os alunos são treinados para competir em torneios no Brasil e no mundo.

“Nesses seis anos conseguimos formar campeões em diversas competições de alto nível, como o Pan-Americano da Sport Jiu-Jitsu South America Federation (SJJSAF), Sul-Americano da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), entre outras. Da categoria infantil até master do masculino e feminino, em todas as competições que conseguimos participar, meus alunos sempre conquistam lugar no pódio”, contou o professor.

Em fevereiro, uma vitória para o time. Um de seus atletas, o jovem Daniel Fernandes, conseguiu, através de arrecadações entre membros da equipe e amigos, participar de duas competições na Califórnia, Estados Unidos: North American Grappling Association (NAGA), na qual foi campeão, e o Pan Kids, ficando com o segundo lugar.

Infelizmente, participar de campeonatos como estes não é nada fácil devido ao custo. Por isso, Alexandre está em busca de patrocinadores para seu projeto.

“Meu sonho é conquistar um patrocínio que ajude esses meninos e meninas a mostrarem todo o seu talento e que eles através do seu próprio empenho comecem a desfrutar das oportunidades que o esporte pode proporcionar. Infelizmente não temos ainda um apoio fixo e muitos dos nosso alunos acabam ficando de fora dos maiores eventos de Jiu Jitsu”, afirmou.

As aulas acontecem na quadra da Igreja de Nova Vida em Estrela do Norte, aos sábados.

Veja também