Torneio de Jiu-jitsu acontece neste domingo no Jardim Catarina

Evento vai ser organizado por moradores e aberto ao público

Enviado Direto da Redação
 Lutadores e moradores do bairro visam desenvolver a cultura da arte marcial brasileira na região como atividade socioesportiva

Lutadores e moradores do bairro visam desenvolver a cultura da arte marcial brasileira na região como atividade socioesportiva

Foto: Divulgação

Por: Rennan Rebello 

Embora não haja comprovação de que o Jardim Catarina, em São Gonçalo, seja o maior bairro da América Latina, é inevitável dizer que a localidade tem uma dinâmica digna de uma “pequena cidade” capaz de produz sua própria dinâmica. E o esporte não poderia ser diferente, quando neste domingo, às 10h, a Igreja Betel, que fica na Avenida Albino Imparato, sediará a 1ª edição do torneio “A Trocação”, organizado por moradores e aberto ao público.

“William que vive no Colubandê e Bicudo, que assim como eu mora no Catarina, temos uma amizade de mais de 20 anos e somos da mesma equipe. Nossa intenção é o crescimento e a popularização do nosso esporte por isso estamos à frente desta competição”, disse Douglas Antunes, o Hulk, um dos idealizadores do evento que também tem o intuito de desmistificar o imaginário de periculosidade que há na localidade com uma ação socioesportiva.

“O jiu-jitsu é em prol da comunidade. Dou aulas há nove anos gratuitamente na Igreja Betel. A gente busca dar suporte e formar atletas dentro do bairro porque tenho a consciência de que é um esporte caro para se praticar”, comentou.

A escolha do ringue ser em um templo religioso tem como finalidade ser um espaço neutro.

“Na igreja, fica claro que é um ambiente neutro e evita rivalidades entre academias e simboliza a união, onde todos podem se unir em prol do esporte”, finalizou Hulk.

Veja também