Conmebol proíbe bandeirões e pode impedir torcedores em pé

Libertadores sofrerá grandes mudanças

Enviado Direto da Redação

Conmebol proíbe bandeirões na Libertadores

Conmebol proíbe bandeirões na Libertadores

Foto: Divulgação

De acordo com o novo Regulamento de Segurança da Conmebol, a torcida não poderá mais levar bandeirões em competições como as Copas Libertadores e Sul-Americana. A medida é um reflexo dos constantes problemas com a violência que partidas dessas competições vêm tendo, como na final da Libertadores 2018, entre Boca Juniors e River Plate.


Além da proibição dos bandeirões, o novo regulamento também estabelece que todos os estádios que sediarão partidas de competições chanceladas pela Conmebol devem possuir internet wi-fi. Outra medida é o estabelecimento de venda de ingressos exclusivamente pela internet e lugares marcados em todos os setores. Isto pode abrir precedente para a proibição de torcedores em pé nas arquibancadas.


Com isso, os itens proibidos pelo Regulamento de Segurança da Conmebol passam de 18 para 21. A entidade também informa que, a partir de 2021, será exigida uma identificação específica para cada torcedor. Esta última, por sua vez, ainda não tem seu formato definido.

Veja também