Lutadora de kickboxing de SG disputará torneio Skaus neste domingo

Lohanna supera problema visual e lutará em torneio organizado por José Aldo

Enviado Direto da Redação
Lutadora de São Gonçalo tem a personagem ‘Mulher Maravilha’ da DC Comics como inspiração

Lutadora de São Gonçalo tem a personagem ‘Mulher Maravilha’ da DC Comics como inspiração

Foto: Divulgação

Por Rennan Rebello 

“Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar”, essa frase dita pelo ator Sylvester Stallone, no 6º filme do pugilista Rocky Balboa, pode definir a superação da moradora do Barro Vermelho, Lohanna Correia, 27, que superou seu problema de visão, tornou-se lutadora de kickboxing e disputará o torneio Skaus, organizado pelo lutador do UFC, José Aldo, e pelo professor de artes marciais, do Cubango, Emerson Falcão, na Upper Arena, no Flamengo, Zona Sul do Rio, amanhã, com transmissão do canal Combate a partir das 20h.

“Na verdade, comecei a lutar para perder peso, cheguei a pesar 90kg. Como tenho miopia e vejo tudo embaçado, treino muito forte para fazer a diferença contra minhas adversárias”, disse a lutadora, que divide seu tempo entre treinos na academia Nova Era, no Rocha, e com sua família, que é seu maior alicerce. “Minha família é tudo para mim e quando luto, sempre penso na minha filha de oito meses, Laura Mattos e meu marido José Carlos, que me apoia em tudo”, contou Lohanna, que também revelou suas inspirações nas histórias em quadrinhos, como a ‘Mulher Maravilha’, tanto que utiliza um calção que faz alusão à personagem da DC Comics.

“Eu me espelho na ‘Mulher Maravilha’ por sua determinação em ajudar os outros, por ser forte e agir com coração. Também admiro o ‘Homem de Ferro’, por ser engraçado e líder”, finalizou Lohanna, que também admira a lutadora de MMA, Cris Cyborg.

Veja também