Praia de Itaipu recebe Competição Nacional de Canoa Havaiana

Evento reuniu principais atletas da modalidade

Escrito por Redação 19/08/2018 10:38, atualizado em 19/08/2018 10:35
>> O evento, que aconteceu no último sábado (18) e teve 516 inscritos, reuniu a elite da prática da canoa havaiana OC6 do país, dividida em 10 categorias e percursos de até 24 quilômetros de prova
>> O evento, que aconteceu no último sábado (18) e teve 516 inscritos, reuniu a elite da prática da canoa havaiana OC6 do país, dividida em 10 categorias e percursos de até 24 quilômetros de prova . Foto: Alex Ramos

Por Marcela Freitas


Emoção do início ao fim marcou a primeira edição do Va’a Pro Brasil, campeonato brasileiro de canoa havaiana OC6, modelo composto por seis remadores, que aconteceu no último sábado (18), na Praia de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. O evento, que teve 516 inscritos, reuniu a elite da modalidade do país dividida em 10 categorias e percursos de até 24 km.


A primeira competição começou às 8h, com a elite do esporte, que realizou o maior percurso – 24km. Às 10h30 foi a vez dos participantes das equipes júnior até 19, master até 50 e mista, que remaram 12 km. Às 12h, as categorias júnior até 16 anos, master até 60, master até 70, e estreantes fizeram um percurso de 6 km. E, por fim, às 13h30, foi a vez da master até 40, que também percorreu 12km. A prova saiu da Praia de Itaipu, passando pelas águas de Camboinhas, Piratininga, Imbuí, até o retorno no Forte do Pico para a chegada no mesmo local de partida.


O secretário municipal de Esporte e Lazer de Niterói, Luiz Carlos Gallo, com o subsecretário Robert Voss, prestigiaram o evento. Gallo falou que a expectativa é de que, em futuro próximo, possa trazer uma etapa do mundial para a cidade.


“O município de Niterói vem se destacando no cenário nacional e internacional na prática deste esporte. Hoje, a canoagem é um dos esportes que mais cresce e temos 2,8 mil atletas na cidade, além de 10 clubes federados e mais dois prestes a se federar. Apesar de antigo, esse esporte foi redescoberto há poucos anos e temos que valorizar essa prática. Queremos trazer também para a cidade, uma etapa do mundial”, adiantou Gallo.


O presidente da Confederação Brasileira de Va’a, Fagner Magalhães, disse que o evento em Niterói superou suas expectativas. “Está tudo correndo como esperado. A estrutura montada é excelente. Tivemos um número de inscritos que atingiu nossas expectativas, o que demonstra o crescimento deste esporte. Hoje, temos 32 clubes filiados, o que representa um aumento de 30% de clubes e de atletas. Mas a ideia é que mais clubes se filiem, mesmo que não seja para competir. Há muitas vantagens e benefícios para s filiados”, apontou.


Classificação – A etapa de Niterói é a primeira do calendário Va’a Pro Brasil, evento que tem sua próxima edição agendada para o dia 22 de setembro na cidade de Vitória, no Espírito Santo. As três melhores equipes na classificação geral da temporada garantirão vaga no campeonato Sul-Americano deste ano, que acontecerá também no estado do Rio de Janeiro, em Cabo Frio, entre os dias 17 e 21 de novembro. As etapas do Va’a Pro Brasil também classificarão a equipe líder no geral para o Mundial de 2019 da modalidade, que será disputado na Austrália.


O Va’a Pro Brasil é uma realização da Confederação Brasileira de Va’a, a CBVa’a, e do clube de canoas havaianas Manua Loa, com produção da Ecooutdoor Sports Business, patrocínio master da Prefeitura Municipal de Niterói e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, e apoio da SGA Toyota.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas