Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

CEO do Botafogo quer denunciar arbitragem ao Ministério Público

Empresário acredita que Palmeiras pode ter sido favorecido por árbitros

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de novembro de 2023 - 19:11
"Se olhar o contexto consegue entender que todas as vezes o favorecimento é de um lado e os erros são do outro", afirmou CEO
"Se olhar o contexto consegue entender que todas as vezes o favorecimento é de um lado e os erros são do outro", afirmou CEO -

O Botafogo deve entrar com uma ação no Ministério Público para apurar a conduta de árbitros no Campeonato Brasileiro. Segundo o CEO do clube, Thairo Arruda, a diretoria enxerga um possível viés favorável ao atual líder do campeonato, o Palmeiras, na arbitragem do torneio.

O empresário comentou sobre o assunto nessa segunda (27), enquanto participava do evento de anúncio da tabela do Carioca 2024. A medida tem como base, segundo Thairo, uma pesquisa encomendada por ele e pelo proprietário da SAF, John Textor, com a empresa francesa Good Game. Segundo ele, a análise de arbitragem feita pela empresa apontou a possibilidade de imparcialidade.


Leia também:

➢ Tabela do Campeonato Carioca 2024 é divulgada; confira:

➢ Botafogo empata e sonho do título vai ficando mais distante


"Quando você analisa os erros ponto a ponto talvez não se enxergue isso, mas se olhar o contexto consegue entender que todas as vezes o favorecimento é de um lado e os erros são do outro. A arbitragem brasileira é bastante contestada, mas será que é igual para todos? Estamos percebendo que há um viés, vamos acionar o Ministério Público em breve para poder fazer uma denúncia formal e deixar as investigações a cargo do Ministério Público do Brasil", afirmou Thairo.

De acordo com o portal "ge", o estudo indicou que o Alvinegro, atualmente na terceira posição e com um ponto a menos que o líder Palmeiras, 'deveria' ter 21 pontos de vantagem sobre o rival paulista. A pesquisa feita pela Good Game analisou diferentes partidas do torneio.

Ainda não foi confirmado se a denúncia ao MP já foi feita. Nesta segunda (27), a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) anunciou uma parceria com a empresa francesa de quem o Botafogo encomendou a pesquisa para que alguma partidas do Campeonato Carioca 2024 tenham a arbitragem analisada.

Matérias Relacionadas