Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Flu 'vira-vira' consegue vitória heróica no fim e está na final da Libertadores

Adversário sai do jogo entre Boca e Palmeiras

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 04 de outubro de 2023 - 23:54
Fluminense já está na grande final
Fluminense já está na grande final -

Chegou a hora! Em noite histórica no Beira-Rio, com direito a uma virada espetacular, o Fluminense venceu o Internacional por 2 a 1 e está classificado para a grande final da Conmebol Libertadores. Inspirado pelo apoio dos quatro mil tricolores presentes ao estádio e dos milhões espalhados pelo Brasil, o time foi guerreiro e, com gols de John Kennedy e Gérman Cano, garantiu uma vaga na grande decisão após 15 anos. A final será disputada no dia 4 de novembro, no Maracanã, contra o vencedor do embate entre Palmeiras e Boca Juniors-ARG.

Antes disso, porém, o Fluminense volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Sob o comando do técnico Fernando Diniz, a equipe tem pela frente o clássico contra o Botafogo, no domingo (08/10), às 16h, no Maracanã. A partida é válida pela 26ª rodada.

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou em ritmo acelerado, com as duas equipes buscando o ataque. O primeiro lance de perigo do Fluminense surgiu aos 7 minutos, quando Germán Cano recebeu próximo à entrada da grande área e arriscou direto para o gol, exigindo defesa do goleiro. Aos 9 minutos, Mercado abriu o placar para a equipe adversária.

O Tricolor passou a controlar a posse de bola e aumentou a pressão em busca do empate. Aos 18 minutos, Cano recebeu novamente na entrada da grande área e tentou chute direto, mas a bola explodiu na defesa. Aos 42, Cano recebeu lançamento dentro da área, se livrou da marcação e bateu. A bola chegou a tocar na trave, mas o lance foi invalidado por impedimento.

SEGUNDO TEMPO


O Fluminense retornou para o segundo tempo se movimentando bastante, à procura de espaços. Logo aos 5 minutos, Keno desceu pela esquerda e descolou bom passe para John Kennedy, que dominou e tentou o chute, mas foi interceptado. Aos 7, John Kennedy recebeu na entrada da área, mas novamente foi travado. No lance seguinte, bola sobrou para Cano, que tentou direto para o gol e passou raspando na trave.

O Tricolor seguiu em busca do empate e, aos 25, Arias passou para Cano, que recebeu pela esquerda da grande área e foi desarmado. Aos 27 minutos, Keno desceu pela esquerda e cruzou para Cano finalizar, mas o goleiro ficou com a bola. Aos 35, Cano roubou a bola na intermediária, fez lançamento para John Kennedy, que driblou a zaga e mandou para o fundo do gol, deixando tudo igual no Beira-Rio. Aos 41, Yony González escapou pela direita e achou bom passe para John Kennedy, que ajeitou de letra para Cano estufar a rede e virar o placar


Matérias Relacionadas