Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1515 | Euro R$ 5,5085
Search

Ex-goleiro Bruno pede exame de DNA após Justiça determinar indenização de R$ 650 mil a filho

Defesa do ex-jogador alega que o reconhecimento da paternidade foi baseado em um depoimento durante as investigações da morte da modelo Eliza Samudio

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 24 de janeiro de 2023 - 22:00
Goleiro quer que justiça autorize  exame para não pagar indenização
Goleiro quer que justiça autorize exame para não pagar indenização -

O ex-goleiro Bruno Fernandes quer que a Justiça autorize um exame de DNA para confirmar se é pai de Bruninho, filho dele com Eliza Samudio.

O recurso é uma apelação contra a indenização de R$ 650 mil que Bruno foi condenado a pagar ao filho, por danos morais e materiais. A decisão foi da Justiça de Mato Grosso do Sul e ocorreu em outubro de 2022.

De acordo com o advogado do ex-atleta, Wilton Edgar da Costa, o reconhecimento da paternidade foi baseado em um depoimento prestado por Bruno durante as investigações sobre a morte de Eliza Samudio.

À época dos fatos, a Justiça reconheceu a paternidade após Bruno relatar que, a partir de relatos de Eliza Samudio, Bruninho seria seu filho. Entretanto, a defesa contesta a oficialização do reconhecimento sem que seja feito um exame de DNA.

Ainda segundo o defensor, o ex-goleiro não teria condições financeiras de arcar com o pagamento da indenização, nem consegue arrumar um emprego para seguir a vida.

Matérias Relacionadas