Grêmio diz que não entrará em campo contra Flamengo se o jogo tiver presença de torcedores

CBF e 19 clubes decidem acionar STJD contra liminar do Flamengo

Escrito por Redação 08/09/2021 16:16, atualizado em 08/09/2021 17:01
Próximo confronto entre os dois clubes está marcado para o dia 15 de setembro
Próximo confronto entre os dois clubes está marcado para o dia 15 de setembro . Foto: Divulgação/Flamengo

O Grêmio pretende não entrar em campo contra o Flamengo, na próxima quarta-feira (15), caso a partida possa ter presença de público. O Rubro-Negro carioca conseguiu, na última segunda-feira (6), a liberação da prefeitura do Rio de Janeiro para ter público em seus três próximos jogos como mandante. Dois destes três jogos são contra o Grêmio, um pelo Brasileirão e outro pela Copa do Brasil. Um dos motivos para a recusa de entrar em campo seria o fato de o Grêmio ter jogado com estádio vazio no Rio Grande do Sul.

Nestor Hein, diretor jurídico do Grêmio, afirmou, em entrevista à Rádio Guaíba, que não vai jogar o jogo da volta se tiver presença de público da torcida flamenguista no Maracanã. Além de lembrar que jogou com estádio vazio no jogo de ida, o dirigente disse que a instituição carioca "vive em um mundo à parte".

"Não tivemos público no jogo de Porto Alegre e agora o Flamengo poderá ter. Não aceitamos e se isso for confirmado, o Grêmio não entra em campo. O Flamengo vive um mundo à parte, faz o que quer e não consulta ninguém. Há regras a cumprir e nossa capacidade de conviver é pelas regras. A CBF diz que não haverá público em nenhum dos jogos e isso vale para nossa vida comum. Se não, vira o caos. Se o Grêmio não entrar em campo, estará cumprindo a regra da CBF. Vamos ganhar uma medalha.", disse.

Na partida de ida, o Flamengo venceu o Grêmio por 4 a 0, tendo grande vantagem em direção à semifinal. O já polêmico duelo da volta está marcado para o próximo dia 15. 

CBF, Grêmio e outros 18 clubes decidem manter Série A sem público

Nesta quarta-feira (8), a CBF e os 19 clubes - excluindo o Flamengo - que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro decidiram que todos os jogos deverão continuar sem presença de público. Os clubes também decidiram entrar em conjunto com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para tentar derrubar a liminar concedida ao Flamengo que permite presença de público nos jogos da equipe. 

Outra decisão é que, se algum clube usar alguma liminar para ter torcedores na arquibancada, a rodada inteira do Campeonato Brasileiro será suspensa. 

O Flamengo não participou da reunião e publicou uma nota oficial horas antes do encontro dizendo que que "não cabe aos clubes ou à CBF" deliberar sobre a presença de público nos estádios. 

Todos os clubes, com exceção do Flamengo, acreditam que a volta da torcida aos estádios deve acontecer ao mesmo tempo para todos. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas