Brasil chega a 20 medalhas em Tóquio e bate recorde em uma edição olímpica

Desempenho no Japão superou o do Rio 2016

Escrito por Redação 06/08/2021 15:35, atualizado em 06/08/2021 16:21
Vôlei feminino bateu a Coreia do Sul por 3 a 0, garantindo a final e a 20° medalha para o Brasil
Vôlei feminino bateu a Coreia do Sul por 3 a 0, garantindo a final e a 20° medalha para o Brasil . Foto: Gaspar Nóbrega/COB

Depois de Pedro Barros levar a prata no skate park e igualar a campanha das Olimpíadas de 2016 com 19 medalhas, a seleção feminina de vôlei passou pela Coreia do Sul e assegurou mais uma conquista para o Brasil, fazendo assim o país ter um novo recorde de medalhas em uma única edição.

No quadro geral de medalhas, o Brasil aparece com 16 pódios, mas ainda tem mais quatro conquistas garantidas, esperando somente pela definição da cor. Além do vôlei, Bia Ferreira e Hebert Conceição, do boxe, e o futebol masculino brigam pelo ouro.

Nas Olimpíadas do Rio 2016, o Brasil teve sete ouros, seis pratas e seis bronzes, chegando a 19 pódios, registrando o melhor desempenho da história. Em Tóquio 2020, até o momento, são quatro ouros, quatro pratas e oito bronzes, além das quatro que esperam por definição.

Mas os atletas brasileiros não param por aí. O país ainda tem chance de medalhas com o vôlei masculino, na disputa do bronze, e com Isaquias Queiroz, favorito ao pódio no C1 1000, na canoagem de velocidade.

Medalhistas do Brasil:

Ouro

- Ítalo Ferreira (surfe)

- Rebeca Andrade (salto sobre a mesa)

- Martine Grael/Kahena Kunze (vela classe 49er FX)

- Ana Marcela Cunha (maratona aquática)

Prata

- Kelvin Hoefler (skate street)

- Rebeca Andrade (ginástica individual geral)

- Rayssa Leal (skate street)

- Pedro Barros (skate park)

Bronze

- Alison dos Santos (400m com barreiras)

- Thiago Braz (salto com vara)

- Abner Teixeira (boxe até 91kg)

- Mayra Aguiar (judô)

- Daniel Cargnin (judô)

- Bruno Fratus (natação 50m livre)

- Fernando Scheffer (natação 200m livre)

- Luisa Stefani e Laura Pigossi (tênis)

Ainda a definir

- Vôlei feminino (ouro ou prata)

- Futebol masculino (ouro ou prata)

- Beatriz Ferreira, do boxe (ouro ou prata)

- Hebert Conceição, do boxe (ouro ou prata)

Medalhas ainda possíveis

- Vôlei masculino (vai disputar o bronze)

- Isaquias Queiroz, da canoagem de velocidade C1 1000 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas