Tiro com arco: Ana Marcelle está eliminada de Tóquio 2020

Atleta é dona da melhor colocação do Brasil em Jogos Olímpicos na modalidade

Escrito por Redação 29/07/2021 07:31, atualizado em 29/07/2021 08:35
Atleta vence um combate, mas acabou eliminada
Atleta vence um combate, mas acabou eliminada . Foto: Divulgação/Jonne Roriz/COB

Dona da melhor colocação do Brasil em Jogos Olímpicos no tiro com arco, Ane Marcelle se despediu de Tóquio 2020 nesta quinta-feira. A brasileira, que atingiu a vaga inédita às oitavas de final do Rio 2016, não conseguiu repetir o feito e caiu na fase anterior da disputa no Japão.

Na primeira etapa do individual feminino, Ane Marcelle havia ficado na 33a posição.  Nesta quinta-feira, ela começou bem seu dia de disputas no Yumenoshima Final Field. A brasileira atirou bem e venceu a mexicana Ana Vazquez. Na sequência, no entanto, acabou superada pela sul-coreana San An, por 7 a 1.

“Eu fiquei muito feliz com o meu resultado contra a mexicana, eu atirei muito bem. Sabia que seria difícil com a coreana, mas estou feliz. O meu objetivo era conseguir chegar aqui e passar o combate, ir para o próximo. Nos Jogos Rio 2016, perdi nas oitavas, mas para esses Jogos de Tóquio eu estava muito mais confiante de chegar na semifinal e conquistar a tão sonhada medalha para o tiro com arco", disse Ane Marcelle.

O tiro com arco brasileiro ainda está representado em Tóquio por Marcus D’Almeida, que já igualou o melhor resultado do país na história dos Jogos Olímpicos de Ane Marcelle. Ele disputa as oitavas de final no sábado,  31, às 9h do Japão (21h de sexta no Brasil) contra o italiano Mauro Nespoli em busca de uma vaga nas quartas. No mesmo dia o torneio avança com disputas até a decisão da medalha.

Nespoli tem 33 anos e foi sexto colocado nos Jogos Rio 2016. O italiano também terminou na quarta colocação no Campeonato Mundial de 2019.

(Comitê Olímpico do Brasil)

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas