Marcelo Cabo é demitido e não é mais o técnico do Vasco

Técnico não resistiu ao último empate contra o Náutico

Escrito por Redação 19/07/2021 16:12, atualizado em 19/07/2021 16:59
Técnico foi contratado no início da temporada para levar o Vasco de volta à Série A
Técnico foi contratado no início da temporada para levar o Vasco de volta à Série A . Foto: Divulgação

Marcelo Cabo foi demitido do comando do Vasco. O treinador teve sua saída decretada nesta segunda-feira (19), após o empate contra o Náutico, no São Januário. O resultado afastou ainda mais o Cruz-Maltino do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o empate, o clube está com 18 pontos e ocupa a 8ª posição.

Por meio de um comunicado, o Vasco informou que "em uma temporada onde o Clube necessita especialmente de resultados, o Vasco lamenta que estes não tenham sido exatamente os almejados, sendo o único motivo para a mudança". 

Marcelo Cabo foi contratado no início da temporada e recebeu a missão de colocar o Vasco de volta na Série A. No entanto, o rendimento do treinador caiu rapidamente, mesmo após ter ficado invicto em 11 jogos entre Estadual e Copa do Brasil.

Confira abaixo a nota oficial do Vasco:  

O Clube de Regatas Vasco da Gama informa o desligamento do treinador da equipe de futebol profissional, Marcelo Cabo. O técnico foi comunicado de sua dispensa na tarde desta segunda-feira (19/07) e deixa prontamente o comando da equipe cruzmaltina.

Deixam também o Clube o auxiliar Gabriel Cabo e o preparador físico Tiago Melsert. Os próximos treinamentos serão comandados por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

O Vasco da Gama agradece Marcelo Cabo por toda sua dedicação ao longo dos meses que permaneceu à frente da equipe de futebol profissional do Vasco. Foram momentos de dedicação integral para o sucesso do projeto, junto à sua equipe e o departamento de futebol. Marcelo contribuiu positivamente para a montagem do elenco para esta temporada, trabalhou em alinhamento com o departamento de futebol de base, contribuindo para o desenvolvimento de jovens atletas cruzmaltinos, e foi figura importante para a manutenção do excelente ambiente de convívio no Centro de Treinamento do Vasco, na Cidade de Deus.

Em uma temporada onde o Clube necessita especialmente de resultados, o Vasco lamenta que estes não tenham sido exatamente os almejados, sendo o único motivo para a mudança.

O Vasco da Gama deseja sinceramente todo sucesso ao treinador e seus assistentes na sequência de suas trajetórias.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas