Cláudio Castro veta alteração de nome do Maracanã

Decreto foi publicado nesta quinta-feira (8)

Escrito por Redação 08/04/2021 09:00, atualizado em 08/04/2021 11:13
Estádio permanece com o nome de Jornalista Mário Filho
Estádio permanece com o nome de Jornalista Mário Filho . Foto: Reprodução/Instagram

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, vetou a alteração de nome do estádio de Maracanã. O decreto foi integrado ao Diário Oficial do estado na manhã desta quinta-feira (8). A proposta era pela mudança de Estádio Jornalista Mário Filho por Estádio Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé.

O retrocesso na mudança foi por conta da repercussão negativa no meio futebolístico, principalmente entre jornalistas e torcedores, tendo em vista que acontecia também no pico da pandemia no estado. Diante desse cenário, os parlamentares da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) optaram por solicitar o veto do projeto ao governador.

André Ceciliano (PT), presidente da Alerj e um dos idealizadores da proposta, reiterou que escolheu pelo recuo do projeto para não deixar seus pares com a imagem manchada depois de toda a repercussão negativa. Ele ainda completou dizendo que os parlamentares não pararam de elaborar ações contra a Covid-19, e que viu “muita paixão, clubismo e bairrismo” na discussão sobre o Maracanã.

O projeto recebeu o sim dos deputados na Alerj no dia 9 de março, mas ainda precisava do aval de Cláudio Castro para ser concretizado. O prazo era até esta quinta-feira, quando o governador se posicionou e confirmou o veto.

 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas