Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0780 Euro down 5,2098
Search

'Gigante da Zona Norte' sedia final de futebol entre Oito e Quinze e Araribóia em Niterói

Um dos mais tradicionais clubes da cidade, o Cinco de Julho terá partida, de acordo com normas de saúde contra a pandemia

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 26 de fevereiro de 2021 - 21:45
Imagem ilustrativa da imagem 'Gigante da Zona Norte' sedia final de futebol entre Oito e Quinze e Araribóia em Niterói

Mesmo em tempo de pandemia, o futebol continua movendo paixões, seja nos grandes estádios ou em lugares mais simples, onde o esporte, mesmo amador e sem as altas cifras e estrutura dos grandes clubes, alimenta grandes paixões. Nesse domingo, a partir das 11h, o Clube Cinco de Julho na Praça do Barreto, uma das mais tradicionais agremiações de Niterói, abre as portas, com pompa e circunstância, para a grande final do campeonato de novos, entre as equipes do Oito e Quinze e Araribóia. 

Será a segunda partida da competição, que foi realizada ao longo do segundo semestre de 2020, reunindo oito equipes de diferentes regiões de Niterói e São Gonçalo. Por causa da pandemia provocada pelo coronavírus, os organizadores vão adotar medidas especiais para a grande final, com público reduzido e normas de prevenção contra a covid-19, como o uso de alcoogel e aferição da temperatura, tanto nos torcedores como nos jogadores e comissão técnica das duas equipes. 

Será o segunda partida da final, que teve o Oito e Quinze como o vencedor, no domingo passado, com placar de 2 a 0, gols marcados pelo atacante Vampeta.  No bom momento vivido pela equipe, Vampeta, com 4 gols, disputa a artilharia da competição com o companheiro de equipe Júnior, que tem cinco.   

A final da competição será disputada em meio a nova gestão na diretoria do clube, eleita para administrar o 'Gigante da Zona Norte' até o fim de 2023. O atual presidente, o administrador de empresas Antônio Carlos de Oliveira, apesar do momento difícil, provocado pela pandemia e da situação encontrada na agremiação, encontra-se confiante em realizar uma boa gestão. 

Filho do ex-atacante do América Antoninho, niteroiense e campeão pelo clube carioca em 1960,  Oliveira diz ter conseguido, com ajuda do gestores públicos de Niterói, fazer acordos para restabelecer o fornecimento de água e luz, cortados no ano passado por falta de pagamento.

"A pandemia tem nos prejudicado bastante pois, não podemos fazer eventos de grande porte, apenas atividades realizadas dentro das normas estabelecidas pela Prefeitura de Niterói, com associados e um número pequeno de convidados.  Segundo ele, já existem algumas realizações, como a o resgate de associados que estavam afastado e a colocação da piscina e da sauna em atividade. 

Matérias Relacionadas