Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0741 Euro down 5,2058
Search

Paulo Stein, do SportTV, afirma que foi demitido por ser gordo: 'Não pode'

A Globo ainda não se pronunciou sobre o caso

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 22 de fevereiro de 2021 - 14:25
Ele ficou durante oito anos na emissora
Ele ficou durante oito anos na emissora -

Após cerca de oito anos trabalhando no canal SporTV, Paulo Stein foi demitido no fim de 2019. A notícia, que chocou muitas pessoas, repercutiu nas redes sociais dos internautas que gostam do mundo dos esportes. Recentemente, no entanto, o narrador esportivo resolveu contar sua versão dos fatos e disse que foi demitido por ser gordo. As informações foram dadas pelo jornalista num vídeo para o canal 'Só Esportes', do Youtube. 

Stein foi perguntado sobre o motivo de não ter aparecido tanto no canal esportivo nesses oitos anos de trabalho. "Você sonha trabalhar na Globo? Muito jornalista sonha, a empresa paga bem, você sonha? Na TV Globo, locutor e narrador não podem ser gordos, lá não pode. Você conhece algum? A razão pela qual eu fui demitido foi por causa disso. Se você não fizer um regime e se manter no peso... O próprio Bonner já admitiu que vive fazendo regime. No jornalismo, você não tem repórter, apresentador gordo. Eu era um negócio fora de série ali porque eu tinha construído um nome, o antigo diretor era meu amigo, Mario Jorge Guimarães. Mas eu não fazia linha de frente justamente por isso e a história é essa aí, lá não pode [estar acima do peso]", contou ele. 

Stein foi demitido junto com Roby Porto. Na ocasião, a emissora informou que estava demitindo por conta de corte nos gastos, mas Stein contou que não acredita nisso. Ele acha que foi desligado do canal por causa de seu peso. 

"Fui chamado na direção e me disseram que estavam com dificuldade financeiras e que teriam que cortar gastos. Mas isso se mostrou uma mentira porque logo depois vários outros profissionais foram contratados. Fiquei chateado porque queria ajudar mais, mesmo que não aparecesse muito, queria passar o que sabia para quem estava começando, mas não aconteceu", relatou.

Stein trabalhava com esportes e Carnaval na Rede Manchete antes de ir para a Globo.

A Globo, até o momento, ainda não se manifestou sobre o caso.

Matérias Relacionadas